Blog do Sakamoto

Condomínio explorava trabalhadores da construção civil em Campinas

Leonardo Sakamoto

A propaganda do Primetown/Primeacqua, em Campinas (SP), realça um empreendimento imobiliário diferenciado que abriga um condomínio de apartamentos conjugado com um complexo comercial, rodeado por áreas verdes, repleto de estruturas de lazer e ecologicamente correto. A obra de mais de 500 mil m² é uma aposta das Organizações Sol Panamby, grupo empresarial do ex-governador de São Paulo Orestes Quércia (PMDB). Contudo, o que não deve ter sido apresentado aos potenciais compradores dos apartamentos foi a situação daqueles que erguiam os prédios. Fiscalização da Gerência Regional do Trabalho e Emprego em Campinas (SP) flagrou cerca 20 trabalhadores da construção civil com salários atrasados e alojados em instalações precárias. A denúncia foi publicada aqui na Repórter Brasil pelos repórteres Rodrigo Rocha e Maurício Hashizume.

Contratados pela construtora Enplan, eles chegavam a trabalhar mais de 10 horas por dia para levantar os primeiros apartamentos do condomínio. Do total de 90 pessoas que trabalhavam na obra, 20 estavam em situação irregular, conta o auditor fiscal Mario Roberto Matallo, que esteve presente na fiscalização. Desde quando foram contratados em novembro do ano passado, os trabalhadores ganhavam apenas pequenos adiantamentos. As condições de higiene eram precárias, com pessoas dormindo no chão e alojamentos que alagavam durante a chuva. Ou seja, um empreendimento que conhece as regras e normas da construção civil não garante o mínimo de dignidade aos seus empregados. Considerando que o país vive um boom imobiliário, preocupo-me sobre que tipo de base estão sendo erguidas as fundações desse crescimento. Sangue, suor e argamassa?

O ato da compra é um ato político poderoso. Através dele damos um voto de confiança para a forma pela qual determinada mercadoria é produzida. Um exercício democrático que não é exercido apenas a cada quatro anos, mas no nosso dia-a-dia. E que pode ditar a qualidade de vida de trabalhadores em Campinas. Ou mesmo o destino da maior floresta tropical do mundo e de sua gente.

Tempos atrás, nós da Repórter Brasil junto com a Papel Social Comunicação lançamos um estudo mostrando como o consumo da cidade de São Paulo causava sérios impactos na Amazônia. Um exemplo de cadeia produtiva analisada foi a da Sincol. Com matriz em Santa Catarina e filiais em São Paulo, Paraná, Miami e Porto Rico, a Sincol estava entre as maiores empresas do setor madeireiro no país. Produz portas, janelas, batentes e casas pré-fabricadas, tanto para o mercado interno quanto para a exportação. A empresa controlava a madeireira Sulmap Sul Amazônia Madeiras e Agropecuária, sediada em Várzea Grande (MT), autuada por crimes ambientais e acusada de envolvimento em grilagem de terras.

A Sulmap, também fabricante de esquadrias e peças de madeira para instalações industriais e comerciais, foi acusada pelo Ministério Público Federal de envolvimento em grilagem de terras, uso de planos de manejo ilícitos e invasão de área indígena em Colniza (MT), onde fica a Terra Indígena Kawahiva do Rio Pardo.

Nossa pesquisa mostrou, na época, que a Sulmap vendeu seus produtos florestais para ao menos duas grandes construtoras de São Paulo entre 2007 e 2008 – a Prese Empreendimentos Imobiliários e a Rovic Bahia Empreendimentos. Elas eram responsáveis pela construção de mais de 40 edifícios, muitos deles de alto padrão, localizados em bairros como Morumbi, Brooklin e Moema. Na época, a Sincol preferiu não se manifestar e a Rovic Bahia afirmou não ter relações com a Sulmap e comprar madeira única e exclusivamente da Sincol. A Prese Empreendimentos Imobiliários disse desconhecer qualquer problema da Sulmap com o Ibama.

  1. marina

    15/09/2010 18:11:49

    E QUEM DISSE Q TRABALHADOR CIVIL NAO DÁ UMA COCHILADINHA??? VC POR ACASO JA EXPERIMENTOU CONTRATAR ALGUM??? SE NAO FICAR EM CIMA ELES FAZEM O QUE QUEREM, INFELIZMENTE É ESSA A RELAIDADE. COMO TODA CATEGORIA DE TRABALHO, SAO POUCOS OS QUE TRABALHAM DIREITO...

  2. marina

    15/09/2010 18:08:49

    VOCÊ FAZENDO ESSE POST SIMPLESMENTE MOSTRA QUE NAO SABE DE NADA. primeiro faz uma noticia destas sem referencia e material nenhum pq claro escrever qq copisa na internet é mto facil, ainda mais falando mal sobre politico, mto bom pra dar audiencia a esse seu blo q se ergue apenas fazendo releituras de reportagens já produzidas por pessoas serias e escandalizando-as ou entao escrevendo abobrinhas pra pessoas q acreditam em tudo que leem darem ibope...gostaria de dizer apenas duas coisas e deixar aqui a minha opinião marcada (pois não voltarei a responder novamente, nem passar por aqui porque sei que voc~e fará um cmomentario em cima de minha resposta assim como fez com a médica que simplesmente expressou sua opiniao) coisa q democraticamente falando é completamente natural , A PRIMEIRA É QUE EU NEM SEI PQ VC RESPONDEU vc respondeu por cima do q ela disse, (NA VERDADE EU SEI SIM PRA CUASAR MAIS DISCUSSAO E SEU BLOGZINHO DE MERDA BOMBAR) mal sabe vc em quais condicoes ela realmente rabalha. outra coisa ela estudou pra ter o emprego dela e provavlemente deve ter lutado muito para conseguir coisa q esses trabalhadores não fizeram, meu pai sempre foi mto pobre e comia agua com farinha pra deixar as irmas dele comer e mesmo assim ele conseguiu comprar uma casa e se formar e isso na eopoca dele qnd as faculdades nao parcelavam em um milhao de vezes os seus cursos.. se ele conseguiu qq pessoa pode conseguir nao digo que é facil, mas existem pessoas que SIMPLESMENTE NAO QUEREM MELHORAR DE VIDA.eu nao vejo uma condicao de pedreiro ruim por exemplo, todos os trabalhos sao necessaarios e o fato de se pagar menos a um funcionario da construcao civil NÃO É CULÇPA DE UM OU OUTRO EMPRESARIO ALIAS NENHUM EMPRESARIO PAGA MAIS DO Q A FAIXA SALARIAL E SIM UM PROBLEMA DE NOSSO PAIS POIS SABEMOS Q EM OUTROS PAISES NAO É ASSIM.A SEGUNDA COISA É QUE ESTA NOTICIA É UMA MENTIRA E EU CONVIDO A TODOS VOCÊS QUE ESTÃO DUVIDANDO DISSO IREM ATÉ O EMRPEENDIMENTO E ENTREVISTAR OS TRABALHADORES NAS SUAS SAIDAS DE TRABALHO .PERGUMTEM A ELES O QUE ELES ACHAM DISSO E VOCES DIRAO QUE ELES SAO IGNORANTES E NAO SABEM O QUE DIZEM PRA NAO TER QUE ADMITIR QUE VOPCES SIMPLESMENTE NAO CONSEGUEM ENCHERGAR O QUANTO MAIS FUNDO É ESTE PROBLEMA, ALIAS TBM NAO CONSEGUEM VER QUE O ACORDO ENTRE UM FUNCIONARIO E UMA EMPRESA SE AMBOS DE ACORDO,NAO SEJA INOCENTE POIS TODO CHEFE EXPLORA SEU FUNCIONARIO DE CERTA MANEIRA O DIA Q VC FOR UM SABERÁ O PORQUE SEU BOSTA

  3. emerson

    04/03/2010 17:54:10

    Vc apenas não mencionou em que condições Vc trabalha essas 12/24hs. E muito menos quanto ganha, faça um parametro do seu salário com o desses trabalhadores e diga se Vc trabalharia na condição deles, mas seja sincera.

  4. ANTONIO

    04/03/2010 08:45:43

    Doutora, também sou profissional liberal (advogado), trabalho pelo menos 14 horas por dia e ganho muito bem, graças - exclusivamente - ao meu esforço e competência, data venia. Também sou contra as bolsas isto e aquilo. De emergenciais, tornam-se permanentes, o que induz à preguiça, mas numa coisa temos que concordar, porque é fato indesmentível. Assim como eu, a senhora trabalha 14 horas por dia e tem TODAS as condições para levar uma vida DIGNA. Tem suas férias garantidas, um bom rendimento, boa alimentação, mora bem, com certeza e ainda tem o conforto do lar. Do que se está falando aqui é de condições MÍNIMAS de trabalho, de respeito às LEIS VIGENTES, feitas por nós mesmos, e às quais TODOS têm direito, e não só aqueles que tiveram a sorte e a competência de terminar um curso superior. A humanidade vai além de nós, doutora... Pedreiros, copeiras, auxiliares de enfermagem, faxineiras, motoristas e outros que, por circunstâncias da vida, exercem profissões, digamos, menos qualificadas, são tão humanos e merecedores de respeito quanto nós. Tenho pena dos seus pacientes...

  5. JOTA

    04/03/2010 00:38:21

    (JOSÈ BEIRA)PARABENS MANDOU BEM, ESTA DRA.È PREPOTENTE E ARROGANTE, VC COLOCOU ELA NO MERECIDO LUGAR.

  6. JOTA

    04/03/2010 00:32:24

    ESTE PALMERIO È UM IMBECIL,NÃO QUEM NÃO CONSEGUE VER ALEM DO NARIZ È VOCE .

  7. JOTA

    04/03/2010 00:22:10

    ARIMATÈIA VAI VAI DEFENDER, O QUÈRCIA NO INFERNO BABACA.

  8. Didi

    03/03/2010 18:36:13

    Tsc tsc, triste ver esse bate-boca aqui.Porque os incomodados não procuram o lugar apropriado para disputar opiniões e egos?Eu aprovo cada palavra de denuncia postada aqui, porque incomoda, porque abre os olhos...não dá pra insistir em deixa-los fechar. Porque esse sistema mesquinho quer nos cegar.

  9. Joao Milani

    03/03/2010 00:35:45

    "Consiencia"? Escuta, você fez mestrado aonde?

  10. eu que disse

    02/03/2010 23:40:20

    Senhor Jose Beira(a ignorancia), trabalho desde os 14 anos. Primeiro como baba, depois como aux. de enfermagem, e hoje como medica(tenho mestrado e tit. de especialista). Aprendi a ler aos 4 anos com minha mae, que por sua vez, cursou apenas o primeiro grau(4a serie). Justamente por conhecer os dois ou mais lados da sociedade, e' que sou contra ao assistencialismo e sim a favor da valorizacao do trabalhador!!!Falando em hipocrisia, nem precisa me responder, mas, coloque a mao na sua consiencia, e pense o que vc tem feito pela sociedade e pela natureza... Eu, Senhor Jose Beira(ao ridiculo) garanto que durmo com minha conciencia tranquila!Boa noite

  11. Jose Beira

    02/03/2010 22:45:21

    A dra. disse bem;"-com o que eu ganho não fico revoltada"Agora experimenta trabalhar 10 ou 12 horas, morar num alojamento fétido, fazer argamassa de sol a sol, ser explorado por hipócritas que dizem ver o lado social e ecológico, não receber nada e ainda ser taxado de vagabundo por patricinhas que não precisaram trabalhar e só estudaram na vida.

  12. José Góis

    02/03/2010 22:22:34

    Quem faz plantão sempre dá uma cochiladinha, oque não acontece com trabalhador da construção civil.Ah! E do jeito que a coisa anda, Serra vai virar pó."PÓ-DE-SERRA".

  13. eu que disse

    02/03/2010 22:10:31

    Nooossa !!!Se nao sabe o q escrever fica paradinho com os dedinhos!!!! Nao sei se vc sabe, mas rico tb fica doente!!!! Nos melhores hospitais particulares do mundo tb existem plantoes e plantonistas!!!! Existe uma escala de trabalho. Trabalho em mais de um hospital, inclusive um dia da semana como voluntaria para quem realmente precisa, e com o que eu ganho, seria injusto eu ficar revoltada!!!!Quanto a dilma ser presidente, nao sinto raiva nao, com certeza ela nao sera bonequinha de fantoche apos ser eleita(se for).

  14. Hans Lauxen

    02/03/2010 21:43:07

    Dilma será presidente? Em quatro meses sozinha fazendo campanha sem adversário conseguiu chegar a 28%.Quando abrir a boca vai começar a despencar. Morra de raiva!

  15. Mikayl Uskabeloswaky

    02/03/2010 20:38:35

    Dra., dê o endereço do seu consultorio que vou fazer uma consulta lá..DE GRAÇA, ok:~ja que segundo a sra. quem trabalha não precisa receber!!

  16. disse tudo

    02/03/2010 20:29:20

    a Dra.nao deve ser uma boa proffissional, médico trabalhando 12 a 24 horas so se for plantonista em pronto socorro da periferia e esta revoltada

  17. Cris Rodasse

    02/03/2010 20:18:29

    Morra de raiva! Dilma será presidente.

  18. Maria Cony

    02/03/2010 20:16:40

    Dar trabalho aos trabalhadores é bom,muito bom.Mas quem trabalha quer salário,condiçoes dignas de trabalho.E pelo que entendi estes trabalhadores não receberam seus salarios,suas horas extras...Sou contra ao assistencialismo do atual governo mas não é isso que trata a matéria Drª.Trata de trabalhadores que estão longe da familia,morando em lugar insalubre e sem seus direitos trabalhistas reconhecidos e pagos pelo empregador.

  19. eu que disse

    02/03/2010 20:00:58

    Ah vao trabalhar seus assistencialistas!!!! Ele esta dando oportunidade destas pessoas trabalharem e levarem dinheiro digno pra casa, ao inves de sair as 4 da tarde do serviço e ficar ate meia noite no boteco, chegar em casa bebado e espancar a familia. Agora quem trabalha eh coitado???? No pais do Lula, e' esse pensamento mesmo de Ze' Povinho! Sou medica e trabalho 12h, 24h seguidas varias vezes por semana, GRACAS A DEUS!!!!!Vcs querem so' saber de bolsa familia e ficar encostado, mamando na teta do governo!

  20. Paulo Carvalho

    02/03/2010 19:54:21

    Oh, Arimatéia.Não brinca com coisa séria!Sua assertiva só pode ser sarcasmo.

  21. tavares

    02/03/2010 19:46:48

    com certeza ele apoia msm o seeerrrrraaaaa são tosdos do msm nipe imagina o brasil na mão dessa gente, e isso ninguem ve na tv.

  22. Ciro Lauschner

    02/03/2010 19:44:11

    Bom é o Fidel Castro. Lá ele matou um pedreiro, aqui só fez trabalhar

  23. José de Arimatéia

    02/03/2010 19:16:27

    Quércia foi o melhor político que já passou por São Paulo. Ele merece mais respeito. Esses trabalhadores deviam ser vagabundos.

  24. Joao Milani

    02/03/2010 18:34:09

    Quercia! Ele apoia quem para presidente? Ah, sim: Seeeeeeeeeeerrrrra!

  25. Antonio Carlos

    02/03/2010 17:59:41

    Moro próximo ao Condominio REVIVA (Rossi Campinas) e vi os operarios das 07h00 as 20h30 enquanto havia luz no horario de verão, sem dizer finais de semana. Falta regulamentação ao operarios da construção Civil.

  26. rogerio

    02/03/2010 17:09:19

    politico e empressario neste pais e so querem pra eles quando morrer leva sua furtuna pro inferno

  27. Palmerio

    02/03/2010 17:05:07

    O pessoal que ler seus post não consegue "alguns deles" ver alem do nariz, aqui no Sul doPará, é uma vergonha o resultado dessa "cadeia produtiva", sem historinhas : os frigorificos, laticinios, empresas agrapecuarias .....De onde sai tudo isso??

  28. Joao Ricardo

    02/03/2010 16:23:26

    Sakamoto, cuidado... Esse povo é tudo doido, principalmente a turma do Quercia.

  29. Mariana Parra

    02/03/2010 13:40:43

    Gracinha é a página de "responsabilidade social e ambiental" da empresa: http://www.solpanamby.com.br/pt_br/interna_responsabilidadesocial.htm Cara de pau não tem tamanho...

  30. JOTA

    02/03/2010 12:15:27

    SÒ PODIA SER DE POLITICO,AINDA MAIS DE QUEM,QUÈRCIA BRINCADEIRA, TODOS SABEMOS QUE ESTE QUÈRCIA NÃO VALE NADA,SAKAMOTO ONDE ELE ARRUMOU TANTO DINHEIRO? O QUE FALAM ANTES DELE ELE ENTRAR NA POLITICA ERA POBRE.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso