Blog do Sakamoto

Enquete: Qual preconceito paulistano mais te incomoda?

Leonardo Sakamoto

Amo São Paulo. Por isso mesmo dói ouvir certas aberrações da boca dos meus conterrâneos.

Todos os criados neste caldo e que não foram devidamente conscientizados para o contrário não estão imunes a propagar preconceitos. Acreditem, é um trabalho diário, do qual não me excluo, para garantir que nossa boca não seja mais instrumento de opressão. Pois essas frases não são coisas inofensivas ou engraçadinhas, mas ajudam a renovar a segregação.

Preconceito existe em todo o lugar, não é monopólio paulistano. Mas em cada região, há ódios que se sobressaem mais do que outros. Com a ajuda de amigos jornalistas e baseado também nos comentários dos posts deste blog – fonte inesgotável de posições bisonhas – elencamos frases carregadas de ódio, arrogância e inversão de valores que, vira e mexe, são ouvidas ou lidas na Paulicéia.

O “paulistanismo”, o nacionalismo paulista, funciona como uma espécie de seita radical para os seus adeptos. Mesmo as pessoas mais calmas viram feras, libertando uma fúria bandeirante que parecia, historicamente, reprimida dentro do peito quando se vêem diante de críticas à cidade (reflexão é algo que não faz muito sucesso por aqui). Bandeirantes, aquele pessoal que virou nome de avenida, escola, praça, escultura, Palácio de Governo, homenageados por terem dizimado gente. O fato de São Paulo tê-los escolhido como heróis diz muito sobre o espírito do nosso estado.

Neste 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, uma pergunta: somos capazes de nos desconectar do passado e construir um futuro mais justo ou vamos fica repetindo idéias e frases que carregam em si uma visão ridícula de mundo?

[poll id=''3″]

  1. José Eduardo R. de Camargo

    16/02/2012 00:28:52

    Todos os preconceitos me incomodam!

  2. Lorena Morais

    12/02/2012 07:13:27

    Como assim não tem a opção "todas as opções anteriores?". Na verdade, qualquer luta contra o preconceito e ignorância, seja paulistano ou não, deve ser combatida diariamente. Mas é realmente estranho como uma cidade que se diz tão plural e que tem tantos anos de migração de pessoas tão diferentes tem tantas manifestações de preconceito.

  3. joya

    07/02/2012 01:18:37

    E, ainda... quem for de outro estado e não estiver satisfeito... rodovias,ferrovia e aeroportos à disposição. Se existe uma coisa que paulistano NÃO TOLERA, são as críticas vindas de migrantes, de pessoas mal-agradecidas.Ah, como seria bom se precisasse de passaporte para entrar aqui!

  4. joya

    07/02/2012 01:11:30

    Sou paulistana e cheguei a conhecer uma São Paulo maravilhosa. Bela arquitetura, ruas limpas, clima ameno, pessoas educadas e trabalhadoras - em sua maioria imigrantes ou seus filhos. Sinceramente, São Paulo era tudo de bom antes das migrações, principalmente vindas do nordeste do país.Se tenho algum preconceito? Muitos. São Paulo é caos. Virou terra de ninguém. Tanta gente de fora que vem por causa de melhoria de trabalho... Não há respeito. São Paulo já não é uma cidade, mas um lugar de uso e abuso.

  5. Tábata de Morais

    05/02/2012 14:52:46

    Me muero quando dizem também:Porque São Paulo não é Brasil. É Nova Iorque.ou ainda aquele papinho de 4 estações num só dia. Igi

  6. Weslley Talaveira

    04/02/2012 10:32:20

    "Mano, cê é bicha" pode ser uma expressão homofóbica, mas homofobia não é exclusividade paulistana. Procure o significado da expressão "baitola", amplamente utilizado pelo nordeste afora. E mais: SP é o estado com a maior liberdade de orientação sexual do Brasil. Que alguém prove o contrário se não for verdade.

  7. Weslley Talaveira

    04/02/2012 10:29:41

    Dizer que SP sustenta o Brasil pode ser exagero, mas não é apenas uma "paulistanice". Boa parte da riqueza que faz o Brasil crescer e se desenvolver vem de SP, estado desprezado por 8 anos por um governo que coloca a politicagem acima do bem comum. SP é o estado com mais nordestinos fora do nordeste, e essa gente ajudou SP a ser o que é hoje: o principal combustível do desenvolvimento brasileiro.

  8. Kadu Abecassis

    01/02/2012 21:27:30

    Os três parágrafos que precedem a enquete são super bem escritos e bem pensados, são brilhantes enfim. mas, quanto à enquete, achei que muito do perguntado foi "fora de contexto", pois não é propriamente paulistano:É pobre, mas tem caráter. Nunca sumiu nada lá de casa - capitalista, não paulistano.Vagabundo que faz greve deveria ser demitido - de direita, não paulistano.Tá com dó [de dependente químico ou sem-teto]? Leva para casa - já vi no país inteiro.Agora ele vai pro hospital e a moto tem seguro. Mas quem paga meu espelho? - valora mais a propriedade privada que a vida/segurança/sair inteiro, capitalista e não paulistano.Meu, o Centro agora tá cheio desse "povo da flautinha" - bah, os caras alteraram (pra bem ou pra mal) a paisagem do centro com sua música! Podiam ser os "acrobatas" se fosse essa sua atividade!Tinha que ser preto! - racista, não paulistano.Mano, cê é bicha? - homofobia, não paulistano. Em outro canto do país seria "rapá, tú é baitola!"Adoro esse shopping que só tem gente bonita e selecionada - gente metida a chique tem no mundo inteiro.Tire as mãos do meu carro - mundial.Manifestantes? E minha liberdade de ir e vir? Olha o trânsito! - desinteresse político não tem só em São Paulo, nem gente se baseando nos preceitos democráticos em nome da não-democracia.Criança tinha que trabalhar para não fazer arruaça - às vezes até colocam, no mundo todo, criança pra trabalhar, e não sei se é pra não fazer arruaça. Nunca nem ouvi essa frase, mas 12 anos de sampa não é tanto tempo assim. Isso já vai mais pra categoria das palmadas indevidas (todas são), no caso de rolar no ambiente familiar. Se é na rua, é discriminação com povo de rua, voltamos ao dinheiro.Só não entendi o contexto - no fim das contas, não tinha como não dar "baianada" ou "sustenta", mas é uma bela matéria.Parabéns pelo blog em si, leio bastante, embora seja minha primeira interferência.

  9. Cassia Saliba

    01/02/2012 20:37:41

    nao sao "os paulistanos" sao uma parcela de pessoas hipocritas que vivem em todo lugar. inclusive nas partes "menos favorecidas.

  10. Cassia Saliba

    01/02/2012 20:34:16

    pelo menos dá um prazerzinho ficar generalizando ódio???

  11. Cassia Saliba

    01/02/2012 20:32:01

    nossa que classe

  12. Cassia Saliba

    01/02/2012 20:25:20

    Tenho preconceito de gente preconceituosa como esse blogueiro. Sao Paulo recebe a todos, é a cidade mais generosa que existe e a maioria dos seus problemas é resultado da superpopulação. As pessoas chegam aqui com sonhos e realizam. Chegam aqui com sonhos que muitas vezes são impossiveis de se realizar em sua cidade natal e são sempre MUITO BEM VINDAS. Nao importa cor, raça ou naturalidade.

  13. Vinicius Santos

    30/01/2012 18:13:59

    Saka, seus posts com temática "São Paulo is evil" fedem, mas esse foi tão tendencioso que ficou engraçado."Tire as mãos do meu carro" é preconceito made in SP?Tem algum lugar do mundo onde o dono de um automóvel sirva um cafezinho pro infeliz que elegeu seu patrimônio como local de descanso?

  14. Cora

    30/01/2012 00:34:57

    mimimimimi...cara, como vc é chato! só sabe reclamar!tua vida deve ser uma merda!credo!!

  15. celio bonet

    29/01/2012 20:31:32

    Não , Cora .. seu nome é Sakamoto... vai ser puxa-saco na esquina!

  16. Cora

    29/01/2012 11:59:19

    ok, eu desisto.ficar nesse blábláblá sem fim não vai levar a nada mesmo.

  17. surfando na jaca

    29/01/2012 10:57:40

    Concordo contigo que o estatismo econômico total como na URSS fracassou. Mas a experiência do socialismo é como o processo histórico, nunca linear. As tarefas do futuro, controle dos recursos naturais, nova matriz energética que substitua o petróleo em extinção, controle do consumo e demografia vão cobrar um Estado centralizado. A História só começou. Abs.

  18. Eduardo Soares

    29/01/2012 08:58:19

    Prezada Cora...Se a ofendi de alguma maneira, mesmo não sendo esta minha intenção, lhe peço minhas desculpas...Com relação ao assunto do post...Conheci seus pontos de vista...E voce os meus e das opiniões que partilho...Enfim... Divergimos...Tivemos varias replicas e treplicas...Continuar tal debate seria o mais do mesmo...Uma discussão sem fim e muito dificil de se chegar a um consenso comum...Portanto infrutífera...Queria esclarecer que não levo as coisas para o lado pessoal...Mas talvez seja um pouco combativo...Alias, caracteristica que vejo em voce tambem... mas, por favor, entenda como um elogio... uma virtude...E também dizer que não a considero intransigente... e nem a rotulo assim...E espero que ainda em um outro assunto possamos compartilhar nossas idéias... e chegarmos a um entendimento comum...Com respeito...

  19. EDUARDO SOARES

    29/01/2012 00:47:58

    Prezado

  20. Bruno

    28/01/2012 20:34:16

    Como vc aguenta o que essa gentalha fala, Sakamoto? Sério, como vc aguenta?

  21. regina

    28/01/2012 20:32:45

    bem, escolhi "são paulo sustenta esss país" pq é beeem coisa de paulistano, a mais é "legitimamente paulista", né? rs

  22. Agronopolos

    28/01/2012 17:47:45

    Surf, desculpa aí que enviei antes de estar pronta.Bem: URSS, Leste Europeu, China, Sudeste Asiático, Cuba, todos os que seguiram o modelo Leninista e/ou Stalinista produziram nada além de pobreza.A China, em 1980, entendeu que poderia ter um sistema economico capitalista e um social, comunista. O Vietnam, que vc citou, iniciou as aberturas na decada de 1990, mas depois voltou a se fechar. Recentemente o Vietnam se abriu aos negócios privados.Veja que diferente da Venezuela, China e Vietinam não estão nacionalizando empresas, mas sim querendo que abram empresas em seus países.E no que consistem essas conquistas socialistas ? Cara, educação publica de qualidade !!! Estamos a anos luz de te-la !Eu acho que os países scandinavos tem o que se pode chamar de estado da arte em termos de socialismo, e poderia até dizer que são as unicas democracias de verdade.A propósito, não sou do RS, mas sim do INTERIORRRRRRRRRRRR DE SP ! Esse é o meu sotaque ... rs....Bom fim de semana, saúde !

  23. Agronopolos

    28/01/2012 17:37:58

    Olá Surf !Dependo do que se considera solicialismo. Qualquer modelo leninista ou stalinista está por si próprio fadado ao fracasso e a pobreza. Provas ? USRR

  24. Dane-se

    28/01/2012 17:35:31

    Dona Maria. Não damos a minima sobre as tecnicas de matar galinhas que vivem em seu quintal. Faça bom proveito. Sua ridicula.

  25. Maria de Fatima Camargo Zambrin

    28/01/2012 15:40:05

    Uma vez me perguntaram como que eu matava galinha??? ????? Sou goiana com muto orgulho ,mas , deu vontade de dar um tiro..................em quem me perguntou -paulistana ,só podia né?

  26. Maria de Fatima Camargo Zamabrin

    28/01/2012 15:37:11

    Paulistano pensa que só existe vida no eixo Rio- São Paulo!!! Desinformados!!!!!!!!!!!!!

  27. Maria de Fatima Camargo Zamabrin

    28/01/2012 15:36:04

    Morei em São Paulo por 5 anos quando fiz residenica médica , amei , inclusive me casei com Paulistano , e moro em Anápolis-GOIAS ,minha terra Natal, diga-se de passagem , ha 16 anos,desde que nos casamos. Meu marido se adaptou melhor aqui no principio do que eu ,devido a FALTA DE TRANSITO ,QUE usufrimos aqui, Mas amamos muuuuito Sao PAulo APESAR DE QUE:as pessoas são muito desinformadas em relação aos outros estados , chegando ao ponto de perguntar, quando eu morava aí : existem onças nas ruas?????!!! , PODE???, NOSSA voces se vestem como nós aqui de Sao Paulo( dá vontade de falar :bem no dia dia , nós nos vestimos com folha de bananeira mas , quando estamos aqui....rsrsrsrrsr , muitos desinformados e preconceituosos, em bora muito trabalhadores , masssss , digo sempre : Tem muita gente que pensa que sæo existe vida no eixo Rio -São Paulo ! Triste , não??

  28. Leonardo

    28/01/2012 15:14:26

    Sakamoto, além de um imbecil esquerdista, é preconceituoso em relação à São Paulo, o Estado que carrega o país nas costas e aos paulistanos, povo trabalhador e sério.

  29. Felipe

    28/01/2012 14:17:26

    Abomino principalmente o que, infelizmente, meus conterrâneos falam de nordestinos. Porque isso é também um atentado contra mim, um paulistano que luta demais contra seus próprios preconceitos (coisa inerente em qualquer ser humano).Discordo sobre a parte da reflexão. Muito da tal fúria bandeirante se direciona a brasileiros de outros estados e estrangeiros que criticam a cidade sem ao menos conhecê-la - e aí eu a considero legítima. Sabemos, no entanto, dos vários problemas que a cidade tem. E ainda que não externalizemos, refletimos, sim.

  30. Cora

    28/01/2012 13:55:03

    admiro e respeito muito esta poetisa, mas este não é meu nome.

  31. Cora

    28/01/2012 13:49:37

    ok, vc não é o asno.quem se sente perseguida? eu? não, não! dise q vc fala comigo, e não q me persegue. dãã! se vc confunde conversa com perseguição...é q ele nunca responde. e vc escreveu muito parecido com ele lá no outro post, estranhei... tem problema falar comigo, não.olha, não procurei xingamento nenhum. nem estava falando de vc. quer continuar achando o contrário? q seja!nem sabia q já havia replicado seus comentários.sou sensível tb, fico indignada, mas não levo td pro lado pessoal. vc acha q td é um ataque a sua pessoa. tem q se distanciar um pouco e pensar nas falas, no discurso.vc não me mostrou outros pontos de vista. ou melhor, me mostrou os pontos de vista de outra pessoa. e esta pessoa não contrapôs nada, apenas disse q tds pensam dessa forma, q outras cidades tb os têm ou q as coisas são assim mesmo e bláblá.como vc pode interpretar um preconceito de maneira diferente? é isso q não entendo. não é questão de ponto de vista. até por isso, pode ser debatido.p. ex. eu adoro cores. minhas coisas tem sempre cores fortes, nada de pastelzinho, delicado. vc pode dizer q eu tenho péssimo gosto e q minhas coisas são horríveis. opinião. questão de ponto de vista.dizer: tinha q ser preto! é preconceito. e o é pra td mundo. não é questão de ponto de vista.se vc “nunca disse que tudo aquilo não era preconceito...” e “que há maneiras de interpretar um fato por uma ótica diferente”eu quero saber, q ótica diferente é essa?vc se apega a umas bobagens e deixa o q interessa de fora. sinceramente? até agora não sei pq vc não gostou do post. parece só implicância.mas, vc me deixa à vontade pq não vai responder.vai me rotular de intransigente?ih! nem sei pq tô perguntando, vc já encerrou essa conversa, né?

  32. Eduardo Soares

    28/01/2012 12:27:42

    Prezada Cora... Não sou o Asno...Só uso um nome... sempre o mesmo...Ah... não se sinta perseguida... Somente respondo os comentarios que voce faz sobre os meus... Direito seu e meu...Praticamente só lhe respondo... Você é que fala muito comigo...Quase nunca replico os seus comentários...E os XINGAMENTOS... OS ACHASTES??? NÂO???Porque estar em parenteses... indiferente...O FATO É QUE... NUNCA OS FIZ...Sabe... respeito os seus pontos de vista...Mas quando mostrei outro a você...Que era de outro comentarista (porque na minha opinião ele argumentou bem e não quero tirar o crédito)... e eu partilhava de grande parte da opinião dele...Voce diz que ele tambem não entendeu...Só porque opinamos que dependendo da situação determinados fatos podem não soar preconceituosos... Não entendemos a coisa...Nunca disse que tudo aquilo não era preconceito... Repito... disse que há maneiras de interpretar um fato por uma ótica diferente e ele não soar preconceituoso (obviamente que isso não é absoluto... é relativo)... Mas o post não abre alternativas nesse sentido...Nunca... por isso o achei tendencioso e mal feito... e outros acharam...Questão de opinião...E sobre ser sensível... Você é uma das que mais replicam comentários (tudo bem... direito seu...) certas vezes parecendo indignada e reativa com os coments...Sou só eu o sensível... o chocado... pasmo... com os coments (mais os posts no meu caso)... Certeza...Enfim... Não me convescestes... E não te convenci...Do mais... será infrutífero... pelo menos por ora... e neste tema...Por tanto... Fique à vontade...Temos pontos de vista divergentes em muitas coisas...Mas como já lhe disse...Penso que ainda podemos aprender muito um com a opinião do outro...

  33. Jose Mario HRP

    28/01/2012 06:42:07

    Chame-a ela de Cora Coralina que ela adora!

  34. Cora

    27/01/2012 20:34:29

    tem razão, Clarisse, me desculpe. mas não disse “a tal moça aí”, disse apenas moça. pensei q vc fosse outra pessoa.não tenho nada a ver com o Saka, não. pode parar de me ligar a ele. tb sou vítima do filtro. é só ter paciência, q o comentário é liberado. tb acho esse filtro um saco.qto ao q eu disse, é verdade. europeus são bem recebidos aqui. latinos, não.e, claro, a europa, não recebe bem os latinos. só q lá, somos tb latinos. aqui, desconsideramos nossos vizinhos, talvez em função da língua.desconsideramos e discriminamos. e desconhecemos. sabemos pouquíssimo sobre os demais países do continente. e o desconhecimento é o primeiro passo pro estereótipo e pra discriminação.e isso td tem a ver com a questão econômica, como disse. tanto pra nossa boa recepção aos europeus e má recepção aos latinos, como na má recepção dos europeus aos brasileiros e outros latinos.qto ao machismo, tb é real. pq achou q fui preconceituosa em relação ao gênero feminino, se acho deprimente e nojenta a forma como as mulheres daquela região são vistas pelos homens daqui? não tem ninguém neste blog q pegue tanto no pé dos comentaristas por questões de representação feminina como eu. se vc quiser colaborar, o pessoal por aqui, vira e mexe, pisa na bola.não precisa ficar ofendida. não é ódio. pelo contrário! o q detesto é o teor das falas q apareceram às centenas aqui. os comentários deste e dos posts passados me dão náuseas.é por gostar de sp q quero a cidade mais justa e mais acolhedora. pra isso, precisamos repensar nossas atitudes. isso não é falar mal de sp, é desejar q sp seja melhor!mas, observe os comentários aqui... o tanto de gente q não entendeu o post, o tanto de gente q se sentiu atacada, ofendida... pq?a cidade não é mãe de tds, não. é madrasta de conto de fadas pra muitos paulistanos. muitos mesmo. não é tolerante com tds. não é justa. por isso essa reflexão é importante. negar isso e apenas celebrar o q sp tem de bom, não ajuda a torná-la melhor.o tema do blog é direitos humanos, trabalho decente, meio ambiente. estranho seria se o Saka fizesse um post de aniversário q esquecesse q falta ainda muito pra sp ser realmente acolhedora e justa. e apenas celebrasse as maravilhas de sp. não seria tremendamente insensível da parte dele, com um tema desses?ele não ofende ninguém, pq não esquece ninguém. nem daqueles q usufruem as maravilhas de sp, nem daqueles q sofrem suas mazelas.

  35. surfando na jaca

    27/01/2012 20:10:13

    Agronopolos, seu sotaque gaúcho me lembrou alguém que repetia a mesma ladainha. A China, assim como o Vietnam, é administrada pelo PC, e como disse tem a finalidade declarada de manter as conquistas do socialismo com o avanço das forças produtivas, conquistando tecnologia. Vc. acha que isso é capitalismo de mercado? Claro que não. Caso ache, estaria vibrando como modelo chinês. A contradição básica de todo direitoba da atualidade é achar que socialismo tem que ser miséria e que não pode se conciliar com setores capitalistas. Pior, se o país enriquecer, como é o caso do Brasil, é um absurdo. Bom mesmo é todo governo de esquerda fracassar na miséria, né?

  36. Cora

    27/01/2012 19:14:02

    vi seu comentário no post sobre feminismo e bbb bem antes desse comentário aqui. tá respondido há um tempão. se quiser espiar, tá lá.só mais uma coisa sobre preconceito, tá? não coube no outro.Preconceito não é questão de opinião não, Eduardo. É um conceito baseado em ideias equivocadas sobre o outro, q avalia e julga pessoas por critérios não objetivos, e q enseja atitudes de rejeição e discriminação (às vezes, dependendo do ambiente, com violência).Os preconceitos são formados, transmitidos e reforçados pelo ambiente em q vivemos (familiar e social). Tem td a ver com a cultura de uma época. Por isso é tão importante q analisemos nossas atitudes, nossa forma de pensar. Considero nosso dever abandonar preconceitos.Estou achando q vc é o asno. Se for, tem um comentário pra vc lá pra cima (25/01/2012 às 18:05), em q discuto isso. Se eu estiver enganada e vc não for o asno (vc tá falando muito comigo e ele não faz isso), vc pode ler o comentário mesmo assim.E, pra encerrar: Vc ainda pode me mostrar outros pontos de vista. Desde q não faça como o Gilberto, q apenas disse q preconceito existe em td lugar (dãã) ou q o caso não era de preconceito pq.... é assim q as coisas são.Sou td ouvidos, ansiosa pra saber pq nada daquilo é preconceito!

  37. Agronopolos

    27/01/2012 18:50:19

    Venezuela ? O que existe na Venezuela é cocô. Um lider que é um tonto, caricato e incompetente na administração. Obrigou caras que plantavam milho a vida inteira a plantarem quiabo, produtividade da agricultura de lá, em queda livre. Como todo ditador latino americano de esquerda (e diga-se facinado por Cuba), o incompetente joga a culpa de todas a mazelas nos EUA. Veja se as fabricas que ele nacionalizou se estão gerando mais emprego ou estão melhores. Chavez é um mentiroso que se mantem no poder graças aos preços do barril de petróleo nas alturas.Aqui ? Socialismo ? Hahahaha. Sim, certos componentes do PT deveriam socializar seus palacetes em Buzios para a galera ! Ou ainda, vai entender, que certos moleques filhos de caras do PT tornaram-se milionários, da noite para o dia.China ? Pelo visto tu não entende de China cara ! Era um pais que até a década de 1970 arada era puxado por bufalo. Hoje, as empresas de lá são tão capitalistas quanto um dono de ferrovia inglês no século de 19. O que está distribuindo renda é EMPREGO, SALÁRIO, LINHA DE CRÉDITO PRO CARA COMPRAR A CASA DELE, CARRO, DVD, TV LED ! Exatamente o que está acontecendo aqui, aos trancos e barrancos e em escala bem menor.Partido Comunista o c.

  38. Cora

    27/01/2012 18:24:29

    O Saka é UM falando de muitos. Normalmente, nesse caso há generalização. Vcs são muitos falando de UM. E aí não é generalizar, mas rotular. Faz parte. Mas, vc não aceita a generalização e quer rotular.Sobre vestir a carapuça. Sabe os comentários bisonhos? Vc acha SEUS comentários bisonhos? Pq eu tb comento, e essa parte do texto não me incomodou. Vc ainda está mordido com a generalização do Saka pq pensa q está incluído nela apenas por discordar dele.Sobre xingar. Observe q coloquei a frase entre parênteses e no plural. Isso significa q está fora da estrutura principal do texto. É um apêndice, mas simplesinho, pois estamos no espaço pra comentários, né? A gente não precisa ser tão formal aqui. Mas, vc se mordeu de novo. Cara, como vc é sensível!O Saka adotou um ponto de vista e falou a partir dele. Não era sua intenção abarcar tds os preconceitos reconhecíveis em sp. Vc pode elencar alguns, se quiser.A questão é q não precisamos usar um discurso preconceituoso pra discordar de uma lista de preconceitos, entendeu?Se vc pensa como o Gilberto, não questiona os preconceitos, nem os analisa. Diz apenas q não são exclusivos de sp. Claro q não são! Mas é sobre sp q estamos falando!!Veja o q ele diz no primeiro:“Com certeza 9,5 entre 10 brasileiros pensa assim. Porque os “progressistas” vivem dizendo para todo mundo que um sujeito é criminoso por ser “vítima da sociedade” ou “não ter oportunidades”, o que quer dizer que ele nasceu na pobreza, por isso é bandido. Ou seja, a culpa é de vocês mesmos que inventam essas coisas. Bandido não é pobre, mas vagabundo e sem-vergonha.”Vcs distorcem as falas dos “progressistas”, como vcs gostam de escrever. A crítica é sempre em relação à estrutura social e à concentração de renda. São vcs q entendem isso como defesa de bandido e coitadismo. Isso é preconceito social.E no terceiro:“Curioso. No Rio de Janeiro nordestino é chamado de “paraíba”, e não de “baiano”. Deve ter muita diferença para ser preconceito apenas em São Paulo.”Ele não entendeu. É o mesmo tipo de preconceito de origem, lá no rio tb. Mas, a proposta aqui é pensar os preconceitos recorrentes do paulistano.Enfim, legal ter orgulho do lugar em q a gente vive, mas isso não impede um olhar crítico em relação a esse lugar. E, muitas vezes, precisamos desse olhar crítico sem condescendência, pra tornar o lugar q a gente gosta tanto, um lugar melhor e mais justo.Não consigo ver este post como ofensivo ao paulistano.

  39. surfando na jaca

    27/01/2012 17:23:20

    há tanto tempo. Vcs. me desculpem a pressa na escrita. Tenho trabalho na mesa.

  40. surfando na jaca

    27/01/2012 17:22:20

    O difícil é conversar com moderação. Ora, Broncão, vc. me conhece a tanto tempo e fica se fazendo de vestal. Quem viajou na maionese foi vc., eu só surfei nas suas incoerências.Caro Agridoce, ideologia é o que justifica e rege a ação, portanto, intrinsecamente ela não é uma farsa, embora possa se mostrar falsa diante à realidade. Ou seja, é muito pueril discutir sua argumentação, quando toda dominação social ou direção de sociedade formula suas ideologias. Portanto, é impossível um Estado que não formule sua ideologia. No resto, gosto e sou simpático à sua argumentação. Porém, vc. cai no idealismo ao querer resolver a análise com uma acusação ao governo atual. Não é o governo dos meus sonhos, mas todo governo que avança sua política na direção de uma sociedade igualitária e na direção da justiça social tem meu apoio. O que um governo popular poderia fazer ao ser eleito dentro do quadro político nacional, onde a máquina do PMDB domina o Congresso? Abdicar de governar, fazer papel de eterna oposição e se manter afastado do exercício do poder? Não conseguindo sanear a máquina corrupta do Congresso deveria a presidenta se exonerar? Ou, dentro desse lodaçal avançar as conquistas populares sem abdicar de governar? A tarefa de um governo popular não é algo simples e imediato, pois o campo da esquerda não possui hegemonia plena do Congresso. Pense nisso, Agropolos. Um abraço.

  41. Esteves clarisse

    27/01/2012 17:16:27

    Cora , Cora : a "tal moça aí " se chama Clarisse...Interessante que alguém que tenha tanto suposto respeito por indivíduos "sem nome" trate os que têm nome como se "sem nome" fossem.... E saiba que a gente também tem de usar de artifícios para fugir da SakaCora censura ...Mas apenas para registro , coloquei minha origem porque você usou de um argumento bastante preconceituoso ( tanto em relação à origem sobre o Leste europeu quanto em relação ao gênero feminino ) para justificar um suposto preconceito... que na verdade é a lógica do Ódio , cujo mapa as pessoas definem dependendo do interesse que têm.Ainda assim vale : a Cidade que é Mãe de Todos , a nossa São Paulo , ainda consegue lhe acolher... recolha sua ira e seu ódio e seja humilde de admitir que pra falar bem de alguns tem de falar mal de nossa Metrópole.tem gente que até recebe pra fazer isto ... A gente até entende e a Cidade Mãe , até aceita e acolhe... São Paulo , te amo de todo meu coração ! Abraços , Cora , a "moça que tem nome" !

  42. Josué

    27/01/2012 17:00:28

    Surfando na jaca é mesmo um apelido bem apropriado, melhor que esse só Viajando na maionese. De acordo com o perspicaz raciocínio do nosso colega, você tem duas opções: ou você é petista, ou você é tucano. E como ele percebeu que não sou petista, logo me chamou de tucano e me considerou cúmplice de todas as ideias e políticas de FHC e do PSDB..Colega, você surfou na jaca, viajou na maionese... e acabou todo melecado.

  43. Joice

    27/01/2012 16:33:26

    Concordo plenamente com o texto...só que em termos de preconceito o Brasil todo é condenável!Brasileiro é superpreconceituoso!Infelizmente.Quer um exemplo?!?!?Nordestino reclama muito do preconceito do paulistano...só que o Nordeste (Mais precisamente a Bahia) com um contingente tão expressivo de negros e mestiços se acha no direito de ter preconceito racial!!!!!!isso mesmo, geralmente não se assumem negros! O paulistano é preconceituoso sim, mas olhemos com mais atenção para o Brasil como um todo....Lastimável será a conclusão!

  44. caramelo

    27/01/2012 15:54:08

    é uma mistura de alborghetti com adolf hitler

  45. Ricardo Santa Maria Marins

    27/01/2012 14:55:14

    Olá! Caros Comentaristas! E, SAKAMOTO!São Paulo é uma espécie de MOSSORÓ contra o Virgulino! Portanto, tão vitoriosa quanto. VIVA SÃO PAULO, que por sinal, RESPEITA Padinho Padre CÍCERO! Curiosidades sobre a NAÇÃO PAULISTA e PAULISTANA. Isso tudo caminhando para talvez mais de 1000 comentários, só São Paulo vale isso! Até nisso São Paulo dá IBOPE ao SAKA! Abraços da NAÇÃO PAULISTA aos BRASILEIROS UNIDOS, NÓS, por IDENTIDADE de BRASIL na indissolúvel união proposta como base da construção de federação. PARABÉNS, para NÓS, primeiro BRASILEIROS e depois, Paulistas e Paulistanos. OPINIÃO!

  46. Agronopolos

    27/01/2012 14:52:39

    Nada disso Sr. Surf.Ter um país mais justo não é na base da ideologia. Ideologia falha.Não a toa que Roosevelt entendeu que devido a 1929 a mão invisível, falhou feio. E Lord Keynes, virou heroi nos EUA. E Truman entendeu que os EUA iriam receber de volta 500 mil soldados americanos sem emprego, e encheu os EUA com obras publicas, impedindo um colapso.Sim, a mais valia de Marx é matematicamente comprovada.Pena que Lenin enfiou quase tudo no tóba e Stalin enfiou o resto. Não adianta a propaganda falar 24 horas por dia que um regime é bom. O povo tem que sentir que é bom. Não a toa os alemães da RDA começaram a debandar para a RFA em massa, e foi necessário um muro para contê-los.Voltando ao presente, sim, o Capitalismo Financeiro é um lixo. Já comprovado pelo que os EUA vivem neste momento. Praga maldita, é o que ele é.Mas para um Brasil mais justo, é preciso que o brasileiro se proponha a acabar com o clientelismo, a corrupção, o nepotismo, o partidarismo, etc. São as bases do poder da oligarquia.Nada adianta ter um governo de esquerda que se propõe a ter dialogo com as massas, se este mesmo poder está podre de corrupção e os recursos simplesmente não vão para mão de quem precisa.E outra coisa, chamar esse governo de POPULAR é incorreto. Ele está no poder para atender aos anceios dos bitelos, como todos os demais que passaram por lá. Se o povo está mais feliz e o aprova, é porque, diferente da década de 1980, existe emprego.

  47. Livia

    27/01/2012 14:25:59

    Exclui meu comentário? claro a verdade dói né Sakamoto!!!

  48. Sapo

    27/01/2012 14:24:56

    Paisinho de merda este, inclusive o proprio sakamoto. Vai comer sushi.

  49. Sapo

    27/01/2012 14:23:13

    Bo merda este país e todos que aqui comentam inclusive eu.

  50. Livia

    27/01/2012 14:17:07

    Você disse tudo Kitian, os próprios japoneses são preconceituosos, existem comércios que eles só aceitam japoneses para trabalharem, e isso aqui em São Paulo, francamente!!!

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso