Blog do Sakamoto

Governo liberta trabalhadoras em boate no MT

Leonardo Sakamoto

Você é explorada sexualmente em uma boate e como pagamento ganha fichinhas que podem ser trocadas por produtos com preço superfaturado (como macarrão instantâneo, cigarros, bebidas…) na loja do próprio estabelecimento em que você trabalha. Se não quitar a dívida contraída dessa bola de neve fraudulenta, fica trabalhando. Para a alegria dos clientes e dos donos do estabelecimento.

Essa foi a situação a que estavam expostas 20 mulheres em Várzea Grande, município vizinho à capital do Estado do Mato Grosso, Cuiabá. De acordo com reportagem de Bárbara Vidal, da Repórter Brasil, elas estavam mantidas em alojamentos precários e superlotados no interior da casa noturna Star Night. As jovens eram obrigadas a permanecer o tempo inteiro (quando digo o tempo inteiro, refiro-me às 24 horas do dia) à disposição dos donos do lugar, localizado a cerca de um quilômetro do Aeroporto Internacional Marechal Rondon. Não tinham folga nem aos domingos ou feriados. Algumas delas assinaram um contrato – ilegal, é claro – que as proibia de deixar a boate se não houvesse pagamento das “dívidas”.

Segundo Valdiney Arruda, Superintendente Regional do Trabalho e Emprego do Mato Grosso e acompanhou a ação, as mulheres ''viviam em regime total de subordinação''. Além de precários e superlotados, os espaços não tinham ventilação adequada e proteção contra incêndio e não respeitavam normas de higiene.

Conversei com Valdiney e ele afirmou que ''por estarem em uma profissão que é marginalizada, que sofre preconceito da sociedade, as mulheres libertadas não tinham para quem recorrer''. Segundo ele, isso aumentava a sujeição econômica e física diante do empregador.

Outros quatro trabalhadores (um gerente e três garçons) também foram retirados de lá. Não ficavam acomodados na boate e retornavam para suas casas após o expediente, mas enfrentavam condições precárias, com jornadas exaustivas e sem descanso. Todas as vítimas tinham entre 18 e 23 anos de idade.

A operação também contou com a participação da Polícia Civil, Guarda Municipal e Conselho Tutelar e foi realizada em novembro. Aguardamos até agora os desdobramentos com relação ao pagamento das vítimas para divulgar a notícia, até porque a idéia deste post é discutir esse tema, que se repete em outros locais, e não fazer uma denúncia. Os responsáveis pela boate não quiseram acertar os direitos trabalhistas e salários atrasados e, por isso, foram notificados. As mulheres foram orientadas para que retornassem a seus municípios de origem e vão receber seguro-desemprego enquanto se busca o pagamento de seus direitos por via judicial. Participaram ainda integrantes da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e da Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo do Mato Grosso, após investigações que começaram quatro meses antes.

O Relatório Global sobre Tráfico de Pessoas lançado no ano passado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e o Crime Organizado em parceria com a Iniciativa Global da ONU contra o Tráfico de Pessoas apontou que a forma mais comum de tráfico humano (79%) é para a exploração sexual, em que as vítimas são predominantemente mulheres e meninas. Em 30% dos países que fornecem informações sobre o gênero dos traficantes, as mulheres são a maioria dos traficantes.

Mulheres que vão buscar uma condição de vida melhor em outras cidades ou mesmo países e que não possuem informações sobre seus direitos são as mais atingidas pelo problema. Além disso, muitas acabam não procurando auxílio por vergonha de sua condição e medo de sanções criminais.

  1. Bruno César

    08/01/2011 16:10:17

    Eu era dono sim e sua irmã trabalhava pra mim...

  2. Celia.Natsch

    02/01/2011 11:41:51

    FDA ,Aquela pompa e circunstância ficou lá longe , né ? Mas a nós , pouco importa quem é você , onde mora , se gosta ou não de Eduardo Azevedo ou de Celia , ou de quem quer que seja !Sua opinião só incomoda porque você , de tão narcisista que é , tenta monopolizar debates , usando argumentos paupérrimos e muita falta do que dizer , apenas enchendo o texto com muita bobagem ...E , mais que isto , acha que pode incomodar os outros ... Nick names são uma brincadeira ...Mas fique tranquilo , FDA será como os demais o chamarão de hora em diante , já que não será comigo que travará nenhum debate... ao FDA interessam apenas monólogos !Agora , aprenda , senhor : " Você ... queres ( 3a pessoa e 2a pessoa ) ?você não se respeite como pessoaS humanas ??? / país ( tem acento gráfico ) / tratando você ( a tratando ) , nunca lhe tratando / paremos , nunca paramos ...Atrás daquele monte de impertinência sem sentido , está um ignorante da nossa língua escrita ! Em menos de cinco linhas matou a Gramática , outro direito basilar da Constituição , senhor FDA !!!!Não precisa de desenhar , não ! Melhor seria aprender ortografia , que lhe será mais útil !Abraço , ao FDA , cujo ego é inversamente proporcional ao minúsculo de seu nick name e de sua argumentação !..

  3. FDA

    02/01/2011 11:01:36

    Cara Celia.Natsch,Meu Nick name é FDA e não “Homem Melancia”!Que vc não se respeite como pessoas humana é um direito individual seu!Mas tenha ao menos a dignidade humana de respeitar um principio basilar da Constituição de nosso pais: tratar as pessoas com respeito reconhecendo nelas a dignidade humana..Não estou lhe tratando como “Mulher Melancia” Portanto me trate como lhe trato!Paramos aqui nosso dialogo. Dá para vc entender ou queres um desenho?

  4. Celia.Natsch

    02/01/2011 09:35:18

    Falou o Homem Melancia !!!!

  5. FDA

    02/01/2011 06:02:07

    Cara Celia,Parabéns pelo “trabalho” de redefinição de “nossa experiencia comunicativa”, nossa tentativa de diálogo!Mas pra que tanto ódio, minha linda? Por que se preocupar tanto com os “bobocas” parisienses? Por que não se preocupar unicamente com as “boas notícias deste blog”? Por que ir muito “além” com esses seres “narcisistas e bobocas/sem noção e … absolutamente dispensável”?Pelo visto, minha linda, o ódio e a infelicidade seriam exatamente como a felicidade: sem um “outro” nada faz sentindo, não é mesmo?Continue com sua “indiferença” quem sabe não seria Isso que faz toda a “in-diferença” entre o FDA e VC?“Realmente”, “gente como” Nos: "você”e o FDA “não fazem” “a menor falta”. E Sabes Porque? Por que todas nossas diferenças ou in-diferencias se acabam diante da realidade da morte!Diante dela, os babacas, as Dondocas, os parisienses, os brasileiros, as boas e as màs noticias, os narcisistas, o dispensável e o indispensável torna-se Iguaizinhos, mas IGUAIZINHOS MESMOS, não é mesmo?Continue assim e não mude em nada, mas em nada mesmo, viu..........

  6. Lucas Oliveira

    01/01/2011 19:59:44

    Na verdade, a prostituição é uma situação complexa, pago para tirar o meu prazer diretamente do corpo alheio; por exemplo, quando pago por um serviço ou produto qualquer, indiretamente, uso do corpo daquele que o produz, mas no caso da prostituição o corpo daquela pessoa é o produto / serviço, e eu terei total controle sobre ele, pelo tempo que eu puder pagar, o valor do capital sobre o valor da dignidade humana sentido de fato "na pele".Sempre achei desumano, em procurar e pagar "garotos" ou "garotas" de programa e certamente mais desumano ainda explorar (como empregador) desse "trabalho" em condições normais, quanto mais em condições como as informadas.Para não parecer preconceito, na minha opinião, a prostituição é um problema, mas não é no desprezo e humilhando essas pessoas que encontraremos soluções, antes é melhor, tentar compreender os caminhos que levam uma pessoa a fazer sexo com tantos quantos puderem pagar, afinal isso é uma alienação, pois todos deveriam ter o direito de fazer sexo tendo o prazer como único fim, e analisar sobre o papel nesta situação dos valores adotados pela sociedade do capital.

  7. Eduardo Azevêdo

    01/01/2011 14:10:45

    Caro e Ilustrado Sr. Abulafia:desejo-lhe também muita paz e harmonia neste ano de 2011.Muita paz, caro Sr. Abulafia!

  8. Celia.Natsch

    01/01/2011 13:10:25

    FDA ,Vamos lá ... ( que faustio !!! )Ninguém quer saber se você vive em Paris! Mas , bobocas como você precisam e querem falar que vivem em Paris...Ninguém quer saber o que você pensa de Eduardo Azevedo , que aliás , é uma das poucas boas notícias deste blog ... Mas você , quer debater com quem não quer falar com você... Você sabe disto e fica se esforçando para criar a discussão...Sem dúvida , gente como você é além de narcisista e boboca/sem noção e ... absolutamente dispensável...Infelizmente , como todo inútil , é bastante insistente : logo , faz com que nosso saco se encha e acabe por responder...Mas fique frio ( sei, tá nevando em Paris , né ??? que lástima !): a partir deste meu comentário , vai ser a tônica ...um desnecessário deve ser assim tratado : com indiferença !Adeus , FDA ... que dizer de um sujeito que se esconde atrás de uma sigla babaquinha destas e ainda ... se acha demais ??? Realmente , gente como você , não faz a menor falta!

  9. FDA

    01/01/2011 04:38:31

    Cara Celia,Ou o FDA é “egocêntrico” e nesta caso vive completamente no mundo dele, lhe ignora completamente, ou o FDA é outra coisa? Neste caso, vc teria que trabalhar uma nova redefinição em coerência com nossa experiencia comunicativa, essa tentativa de diálogo? Mas será que um “egocêntrico” dialoga?“Sei não, viu, só tenho duvidas”, fazer o que? O vírus socrático esta infestando o blog! Ou será a síndrome Azevedo? Vai saber?Novo Ano começa, dia nublado, faz O° em Paris mas quem foi que disse que atrás das nuvens nubladas sempre existe um sol radioso? Nem sei! Tudo que sei é que o ano começa e já estou repleto de felicidades, me sinto "bobo, alegre" sou uma "melancia"! Uh que delicia..Que fazer, né, tenho o dom da felicidade, sinto ela em todos os lugares, em todos os seres mesmo sendo uma melancia quando sobre tudo quando ela ressarcia a sede daqueles e daquelas que têem sede de viver en um dia de calor infernal......

  10. Eduardo Azevêdo

    31/12/2010 16:47:16

    Caro Ilustrado e Culto Senhor Alceu Cáceres Gonçalves:sua atitude de admitir que pode comenter erros é honrada.Ah! Comigo se cometeu algum erro nem lembro... e se um dia eu lembrar fique certo que já o perdoei...Desejo-lhe muita paz e paciência, honrado Senhor!

  11. Eduardo Azevêdo

    31/12/2010 16:25:47

    Caro ilustrado e culto Sr. FDA:eu posso me excluir, né?Eu posso escolher meus interlocutores?Puxa, que legal tudo isso!Enquanto não me excluir, então resolvi decidir...Eu não desejo comentar nada contigo nunca... escolhi... num sei porque escolhi assim, mas escolhi... fazer o quê?Muita paz, ilustrado e culto Senhor FDA!

  12. Eduardo Azevêdo

    31/12/2010 16:16:30

    ?Cara ilustrada e culta Senhora Márcia Valéria:não perca seu precioso tempo lendo as asneiras, e as dúvidas das asneiras que escrevo...realmente como não estudei na vida, tudo que escrevo não tem o menor sentido e só são dúvidas mesmo...Aliás, tornam-se asneiras e dúvidas de asneiras repetitivas, como bem pontificou a ilustrada e culta senhora.Desejo-lhe coisas melhores... melhores leituras... melhores comentaristas... melhores comentários dos não menos cultos e ilustrados comentaristas deste blog, que não são poucos, viu? São tantos, viu? São tantos... sei não, viu... sei não...Então assim: em vendo meu nome ou então a interregoção acima do meu comentário, role bem rápido a tela para não contrariar-se intelectualmente...Depois talvez nem veja mais a interrogação... porque tou repensando se devo continuar a escrever as asneiras e as dúvidas das asneiras, ou então se devo somente ver os comentários deste blog e ficar rindo dalguns deles aqui comigo mesmo... ou então talvez procurar outras terras para escrever asneiras e dúvidas de asneiras... tou pensando, viu... tou pensando...No mais, desejo-lhe muito mais apropriação de cultura além da que tem notadamente demonstrado aqui a todos, e muitíssima paz para o ano vindouro.Muita paz desejo-lhe, culta e ilustrada Sra. Márcia Valéria!

  13. Celia.Natsch

    31/12/2010 15:17:33

    Você é um grande babaca ... e também lhe desejo muitas felicidades para o ano novo ... Quanto ao dom da "Felicidade" , que você diz ter , acho que sim, você realmente acredita nisto ainda que seja uma mentira ...Bobos alegres e egocêntricos são sempre muito cordatos... Paz, senhor melancia !

  14. aliberto amaral

    31/12/2010 13:48:21

    Valéria, por que vc. desistiu tão facil do Alceu. Ele é legal demais. A questão é que vc. nao sacou a embocadura dele. Ele é assim mesmo. Mais um pouco a sua trilha acaba encontrando a dele. Vá por mim. Ele se dá muito bem com a Mona. Aproveite dê um pulo em Cáceres, que todos o conhecem.Vá por mim, vale a pena!!! Ali

  15. FDA

    31/12/2010 13:39:29

    Caro Abulafia.......Feliz Ano Novo para vc e toda sua Familia...Saude, Paz Felicidades e muitas realizações pessoais e professionais.....Um Ano Novo pleno de FELICIDADES, caro compatriota.....

  16. Abulafia

    31/12/2010 12:25:48

    Paz e harmonia para todos os comentaristas em 2011!Abraços ao FDA, Márcia Valéria, Ricardo Marins, Alceu Cáceres, Luiz Moreira, Talita, Chesterton, Ciro, Eduardo Azevedo, Maivalia, Urbano, Hans, enfim...TODOS.

  17. FDA

    31/12/2010 12:00:42

    Cara Celia,Continuo não entendendo sua replica, seu comentario muito menos sua colocação!Mas continuo a deseja a vc e toda sua familia o dobro de tudo que tenho: ou seja, um Feliz Ano Novo: Saude Paz e Felicidades...Talvez vc não saiba mas tenho o dom da Felicidade, me sinto de bem com a vida, vai saber por que eh!

  18. FDA

    31/12/2010 11:53:15

    Cara Celia,Não entendi seu comentario nem sua colocação!Mas aproveito do enseio para deseja a vc e toda sua familia um Feliz Ano Novo: Saude Paz e Felicidades........

  19. FDA

    31/12/2010 11:15:28

    Cara amiga,Será que vc não estaria colocando muita carga emocional nos seus comentários? Não estaria confundindo varios tópicos aqui do blog do Sakamoto?O blog do Saka é um espaço de discussão cidadã e não um tribunal acadêmico processando todas as mazelas sociais existentes! O intuito seria de abrir um horizonte de reflexões sobre as relações entre cidadania e “Direitos Humanos”, “Trabalho Decente”, “Meio Ambiente”.Vc esta parecendo Barbara de Alencar aquela heroína cearense que queria por que queria proclamar a independência do Brasil em 1817.Calma...Ninguém aqui tem superpoderes para resolver todos os problemas sociais do BRasil. Sobre tudo na questão da “prostituição” que como dizem os franceses seria o “le plus vieux métier du monde” (mais antiga profissão existente no mundo)!Pelo amor de Deus! Respire, relaxe e viva um pouco esse Ano Novo que começa em família, com amigos!Olhe para o céu maravilhoso do Rio e contemple esse sol lindo!Aqui en Paris estamos a 2° e o tempo esta completamente nublado!Imagine quantos compatriotas dariam tudo para esta ai contemplando esse sol maravilhoso do nosso pais?Feliz Ano Novo, minha amiga.........

  20. Marcia Valéria

    31/12/2010 09:15:32

    FDA,Vai catar coquinhos, não converso mais com vc nestas vias alienantes do pensar...Sabes que para nós, mulheres, satisfação é uma palavra que DESCONHECEMOS, portanto, não sugestione o que não é passível de compreensão...E ainda por cima o Sakamoto deixou 2 respostas minhas a você mofando na moderação desde 0 horas de ontem...Um abraço, amigo...obs: Ainda aguardo aquele livro que me prometeu. Espero que ele chegue antes dos Juízo Final (rsrsrs)

  21. FDA

    31/12/2010 07:18:41

    Caro Alceu Cáceres Gonçalves,Estou començando a seguir seus comentários! Estou achando eles ótimos! “Meu comentário não é para julgar (..)”, bom isso se discute! “O mérito da questão Battisti” seria “sim, a arrogância de um governo arruinado por problemas internos, governado por um mafioso falastrão se achar em condição de ameaçar um país soberano.”Concordo a fundo com sua tése mas o problema é que vc “matou a cobra e não mostrou o pau”! Ou seja, pleitou mas não argumentou...Onde esta a articulação da tese? Seria o link?????????Um pouco mais de esfoço, né??????

  22. Ciro Lauschner

    31/12/2010 06:50:52

    Sr. Alceu: O grande lance de quem se diz esquerda é se vitimizar!Se dizer perseguido por suas idéias, que crê avançadas senão únicas,se dizer vitimas de ataques e ameaças que o esquerdista altivo não dá bola e vai em frente com sua missão de salvar o mundo, não é mesmo?Se diz democrata mas não aguenta um comentário contrário as suas "verdades".Se diz o único honesto, (até aparecer a primeira teste ou oportunidade).Quando se diz que esquerda é coisa vencida, não é só retórica, mas constatação de fatos.Em tempo, seu "amado lider" Lula teve sucesso porque alguem antes dele limpou a casa das estatais chupins, e organizou o estado para que pudesse haver crescimento continuado e seu mérito com certeza não são seus ridiculos discursos, mas de não ter interrompido o que a direita capitalista implantou. Tenho certeza que a Dilma terá sucesso se não escutar pessoas de sua compreenção de sociedade.

  23. FDA

    31/12/2010 06:10:40

    Caro Eduardo,A questão não é de excluir ou autoexcluir!Como no templo de Dephes tinha aquela célebre frase “ conhece-te ti mesmo” aqui no blog tem “Direitos Humanos, Trabalho Decente, Meio Ambiente”. Na França em toda parte tem o celebre LEF (Liberté, Egalité, Fraternité) em todo lugar publico.Portanto seria interessante de ler bem a proposta do proprietário do blog: trata-se de um blog ou “cafofo” “DEMOCRÁTICO” e UNIVERSAL visto que ele não é restrito ao território nacional.Que vc queira escolher seus interlocutores é um direito individual seu! Que vc decida pela sua “AUTO-EXCLUSÃO” também...Mas saiba que vc esta em um blog de propriedade individual do Sakamoto mas com uma proposta coletivista quer queiras quer não!“Désolé” por vc, meu caro! Outras épocas, outras gerações! A questão é de saber se vc quer entender o mundo virtual no qual vives ou se queres passar a vida toda se autoexcluindo e escolhendo teus interlocutores privilegiando ? Afinal ninguém te obriga a escrever comentários mas quando escreves espera que os outros reagam... Ora, pois...Como diria Eschyle « Celui qui agit doit subir » (aquele que age tem por obrigação de sofrer) Eu diria aquele que age tem por obrigação de aceitar as consequências de seus atos.Estamos en modelos sociais democraticos, seja no Brasil ou na França...

  24. JM/HRP/OOOOPS/LULA!!!!

    31/12/2010 05:47:53

    LIBERTEM CESARE BATTISTI!!!!!!!!!!!!!!!!

  25. FDA

    31/12/2010 05:35:02

    Caro Alceu CG,Gostei de seu comentario e do débate que sugiu. Mas acho que esta havendo confuzão com nicks: Eu sou FDA e não tenho nenhum vinculo com outros nicks names.Feliz Ano novo a vc e toda sua familia...

  26. FDA

    31/12/2010 05:31:38

    Cara Amiga Marcia Valeria,Agora que vc “descobriu” o que esperava descobrir, espero que suas impulsões do saber, aquelas que Freud diz que tormentavam tanto Leonard de Vinci, encontrem plena satisfação.Respeito sua decisão de “reduzir” sua “participações por aqui e uma hora (de preferência, bem próxima)” e quem sabe “acabar com isto de uma vez”! Ah, esse maldito “Issso”, eh!Bom, saiba somente que as “incursões” deste mal-dito “Isso” são cheias de surpresas, minha cara amiga!Fazemos um projeto, tomamos uma decisão e de repente, não mais que de repente, o “Isso” tem um “outro” projeto, toma uma outra decisão e nada na vida será como antes! A vida é cheia de surpresas e sempre nos reserva um projeto que muitas vezes ignoramos...Mas que seria da vida do Homem ou da Mulher sem esses Projetos de Seduções, de Inspirações, de Revelações/Descobertas, ehh? Talvez sem nenhum sentindo.........Feliz Ano Novo para vc e toda sua família que vc encontre nos caminhos da vida a rota que lhe leve em direção a Saúde, a Paz e a Felicidade...E quem sabe em uma destas rotas da vida a gente se reencontra.......Segue aqui uma canção para vc:http://www.youtube.com/watch?v=-I2LwuIYt8Q&feature=related

  27. FDA

    31/12/2010 04:59:50

    A “Maïa” do RÉVEILLONRéveillon vem do verbo francês “réveiller” que traduz-se por despertar. Poucos ignoram que no francês, o termo tem também um senso figurando: quer dizer desilusão! E por falar em desilusão, um Novo Ano vou começar por uma prece aos adoradores da Deusa Maïa (Deusa do parto na mitologia grega): não estaria na hora de parar com as ilusões? Vamos parar de pegar os leitores comentaristas por Otários, né?Ok! Fazemos de conta que o comentarista Azevedo deixe sempre “um espaço para as dúvidas em tudo (..)”! Por que não? Imaginamos que a citação de Platão na “Apologia de Sócrates” “só sei que nada sei" faça sentido para o leitor: “a única coisa que” o Azevedo sabe “é que nada sei”! Imaginamos que o Azevedo “não tenha verdade alguma a respeito de nada (..)”Vamos respeitar o direito individual do leitor: não vamos nos preocupar com as “Duvidas” do Azevedo “porque elas só são minhas mesmas e de mais ninguém, viu?” Seriam introspectivas, virão?Mas se perguntar não ofende, gostaria muito de saber se as dúvidas são unicamente do Azevedo por que então expô-las aqui, em um espaço publico ? Se as duvidas do Azevedo são dele mesmo por que expô-las somente a alguns comentaristas? Por que discriminar outros leitores comentaristas? Ou seja por que transformar duvidas introspectivas em dialécticas? Será que o Azevedo esta querendo fazer aquela linha maiêutica Socrática, ou seja, “dar a luz” a alguns espíritos privilegiados do blog?Mas que vejo? Uh, mais uma “interrogaçãozinha”: “não acredito que uma mulher se sinta feliz prostituindo-se (..) será feliz, hein? Resposta ao “Caro Jean”:“acho que essas mulheres devem mudar de vida (..), em torno da prostituição gravitam muitos problemas, inclusive a escravidão sexual (.)”Ué mas não é o Azevedo que só tem duvida que responde com tanta certeza? Não me diga que o Azevedo esta aqui no blog democrático fazendo aquela linha “vita ativa” (H.Arendt): trabalhando, obrando pela ação verbal! Bom, até ai é um direito dele.Afinal o blog é um espaço democrático. Mas se perguntar não ofende será que a ação discriminatória é Legal? Será que a discriminação é Moralmente JUSTA?Bom, aproveito do Reveillon para desejar um Feliz Ano Novo ao Sakamoto, a todos os leitores comentaristas do blog. E Isso, de maneira indistinta: afinal todos temos direito a Paz, a Saúde e a Felicidade!Aproveitem da vida! Afinal, tudo que somos nada mas seria que poeira de estrelas de passagem neste mundo planetário

  28. Melecão

    31/12/2010 00:34:14

    O sujeito emprega toda sua economia, trabalha feito um cavalopor 10, 15 anos, sua vida passa a girar 7 dias por semana parasua empresa, assume todos os riscos possíveis, luta contra adversários tendenciosos ( governo, sindicatos, MT etc.) e o JoséAntonio acha que seu padrão de vida deve ser igual a de umempregado que começou agora e trabalha 6/8 horas por dia !!!Pagar $ 1 mil de salário neste país está excelente ! Paga-se o quepode pagar! Difícil entender que, pagando mais, seu produto encarece e voce sai do mercado, não vende !?Não há almoço grátis ! Voce ganha conforme sua produção, físicaou intelectual, capacidade e gana de vencer !Os empregadinhos rançosos podem chorar a vontade, mas, O FATOÉ QUE O SR SILVIO GERA EMPREGO PARA 60 PESSOAS E RENDA PARA 240 VIVEREM e se algum deles não estiver satisfeito com osalário, a CLT e os Sindicatos garantem toda a liberdade paraDEMITIREM-SE DO EMPREGO !O povo não tem pão majestade !Ora ! Deem-lhe brioches !!!Se sente explorado ? Peça as contas, dê seu lugar para outro...!

  29. Marcia Valéria

    31/12/2010 00:19:23

    RESPOSTA A FDA parte IIIEm tempo: Ao longo do dia de hoje amigo, fiz várias reflexões sobre minha conduta, minhas palavras que me faço comunicar aqui e descobri definitivamente o que me prende neste blog e acho que vc tbm sabe o que te prende aqui – sem desculpas, amigo. Agora que descobri pretendo verdadeiramente reduzir as minhas participações por aqui e uma hora (de preferência, bem próxima) acabar com isto de uma vez, pois estas minhas incursões aqui tem atrapalhado bastante meus estudos e minha vida de uma maneira geral. Sinto apenas, não poder mais desenvolver estes e outros assuntos com vc desta forma, que se mostra sempre participativo e desafiador no trato de questões como estas propostas no blog. Não posso expressar como é rara a oportunidade a que vc se propõe nos dar aqui, desta busca constante no descortinar de problemáticas diversas, do seu pensar afinado, aguçado e perspicaz no trato com os assuntos. Sempre agradecida, pela oportunidade que me deste destas conversas, muitas das vezes bem-humoradas, ótimos risos, ótimas gargalhadas sobre muito do que aconteceu entre nós e os outros. Definitivamente, como já disse, vc é o chato-adorável daqui do blog, amigo...Muito Grata pela amizade com que me congratulaste-me este ano, amigo franco-brasileiro, misturado com bourbons e tupiniquins (rsrsrsrs)...Obs: Fiz uns comentários sobres umas músicas que me mandou em posts passados, se és pesquisador, vai achá-los...Se não, deixemos para futuras oportunidades (ou vidas), ok?Um fortíssimo abraço e feliz ano novo, para você e toooooooda sua família, amigo.

  30. Marcia Valéria

    31/12/2010 00:18:39

    RESPOSTA A FDA – PARTE IINão foste vc uma vez que afirmaste ao comentarista Gerci que dizer que uma dada problemática é complexa seria não acrescentar em nada ao debate? Então como vens me afirmar que “...as motivações que levam um ser humano a esse tipo de relação com outro ser humano é complexo e heterogêneo...” . Francamente FDA, tu deste uma travada no entendimento da coisa legal!!! Se não podes discuti-la, por que a jogaste em seu comentário, não seria melhor não fazer referência a ela? A dita complexidade das relações humanas, ou entre prostituta e explorador, entre prostituição e prostituída, entre homem e mulher, relação e desejo, sexo e dinheiro. Sua noção de heterogeneidade das relações humanas é que são confusas, pois elas não são heterogêneas, elas se interpenetram (como no ato sexual) elas se engendram uma nas outras e não há muita complexidade aí, há dinâmica, fugacidade, temporalidade, transitoriedade nestas relações que poderiam mais chamar, dependendo da finalidade e do contexto de subumanas. Como o prostituir-se produz (ou engendra) a prostituição? De que forma, qual padrão de conduta nos leva a esta condição? Que sentimentos, educação e formação nos conduziu a esta forma aviltante de vida? Como podemos ser livres para a escolha (da melhor forma de viver, de ser) sem ajustar nossas referências aos questionamentos humanos que se impõem nos dias de hoje?Quanto a questão do Direito meu amigo, esta vc sabe muito bem ser sua área e campo de atuação e estudo, do qual tens muito mais propriedade para fazer referências que eu. Mas ‘Por el amor de Dios, FDA, pára com esta mania de dizer “não posso ir mais longe no argumentário” (me desculpe, mas não consigo parar de rir com isto) pois o mesmo é o interrupção daquilo que acabaste de iniciar a desenvolver e logo encerra. É como se vc começasse a desenvolver um argumento qualquer e logo (bem logo mesmo) em seguida cortasse abruptamente com um machado todo restante – por favor, não comece um argumento que não possa dar muita continuidade – as coisas ficam ainda mais perdidas, confusas as vezes, no ar – vc precisa amarrar um pouquinho mais as idéias ( e denuncie a mim se eu tbm fizer o mesmo com vc, ok?)mesmo num comentário despretencioso como o nosso aqui. Desculpe-me FDA, se existe confusão neste mundo (como se diz por aqui) seu nome é internet – não vamos favorecer ainda mais as coisas neste sentido, ok?Com relação a Guerra dos Palmares, me recordo algumas implicações desta guerra na luta racial brasileira, mas não consigo associá-las agora ao contexto da Liberdade do qual nos referimos aqui, mas prometo refazer as pesquisas neste sentido para clarificar as idéias que introduziu no seu comentário (embora acho que foste econômico em tbm desenvolver este assunto).Acho que o debate “sobre a questão da legalização da prostituição é outro debate, como o é da condição de ser mulher “...Ora, ora FDA, se publicam só algumas centenas de milhares de livros sobre o tema e mais outro debate para levar a mais outras confusões sem fim, sem termos liberdade de falar-nos ante aos outros, sem pausar o tempo, sem eternizar um debateao longo de um dia ou vários vai , filhinho..Não tenho paciência pra isto aqui, definitivamente, FDA, me é por demais cansativo, seguir as coisas sem um plano de estudos e apresentações, como é em muitos grupos de trabalho e estudos sobre temas sociais...continua parte III

  31. Marcia Valéria

    31/12/2010 00:16:10

    RESPOSTA A FDA – PARTE IVamos por ordem:“Será que podemos estabelecer uma ordem (mesmo que simbólica) entre Felicidade, prostituição, liberdade, determinações naturais ou sociais? Vc acha justo misturar várias problemáticas distintas em um só comentário?”Por que achas que a assuntos como felicidade, liberdade, prostituição devam ter uma suposta lógica, numa ordem ou encadeamento que lhes dê sequência (mesmo que simbólica)...Não estou a desenhar um tratado sobre o assunto, estou ponderando sobre uma problemática que tem relações sim com a situação da mulher, de seu entendimento como ser subserviente a certa ordem de conhecimentos ou padrões de conhecimentos que tem relação com alguns paradigmas sociais dos quais nossa sociedade projetou para si, para seus entes e representantes, dos quais a maioria de nós nos submetemos sem questionar o seu significado – afinal se condicionou a liberdade ao corpo e a vida da mulher sem de fato sabermos o que é liberdade e se ela de fato trás felicidade – são significados atribuídos pelo pensar comum, acadêmico-científico ou empírico. Muitos de nós lemos sobre liberdade, ouvimos falar da liberdade ou pensamos que estamos livres – ledo engano de muitos. Se não sabemos o que é SER LIVRE DE FATO, como podemos dizer que nós mulheres podemos ser livres, nos auto-determinarmos ao nosso bel prazer sem verificarmos as implicações várias do que é ser mulher e do perigo da prática desta pseudo-liberdade em determinadas circunstâncias? É a liberdade que conduz a felicidade? O que pode conduzir-nos a este estado? É a felicidade (ou liberdade) um estado permanente no nível do ser, do agir, do sentir? Ou é um estado transitório, fugaz, frugal? Não podemos confundir satisfação com felicidade, e felicidade por prazer de viver, nem incutir esta idéia falaciosa de um ponto de vista mais amplo com a problemática do viver feminino.A condição de fragilidade da mulher é historicamente determinada, condicionada, atrelada a psiquê feminina, a noção confusa de liberdade conduz a vários problemas na dinâmica das relações sociais, sem que nós compreendamos o nosso lugar como pessoa, sem que desenvolvamos nosso padrão identitário relacionado a época, cultura e circusntâncias que vivemos, compreender nossas limitações, pois todos a temos – homens e mulheres – compreendê-las não apenas num sentido intelectual, mas comportamental e emocional . Investigar (como se isso fosse fácil) os motivos e razões das nossas ações e reações femininas ante ao massacre imposto por séculos de colonização sobre nossa ‘alma’ feminina, sobre como nos portarmos, conduzimos, ao aceitarmos ‘docilmente’ (as custas de muitos traumas) ao que nos era imposto, mas acima de tudo, que estes padrões que foram incorporados em nossa cultura e contexto social, com suas desculpas e justificativas mais que razoáveis como essa – “a mulher é livre para fazer o que quiser com seu corpo com segurança e saúde.”Continua parte II

  32. Marcia Valéria

    31/12/2010 00:15:15

    Provavelmente vão ficar em moderação...

  33. Marcia Valéria

    31/12/2010 00:14:25

    Atenção "GEntem"Vou re-postar 3 X (eu disse re-POSTAR) respostas ao senhor FDA...Me desculpem, mas vou fazer como alguns outros leitores/comentaristas do blog, como Ricardo Maria Marins e o envangélico que tras mensagen biblicas,Atenção aos inimigos, MÃO FIRME NO BOTÃO DE ROLAGEM DA PÁGINA...

  34. Pelego

    31/12/2010 00:10:42

    Sr. SilvioNão é tão mal assim que recebam 6 meses de Salário Desemprego ! Na verdade, é redistribuição de renda !É dinheiro que sai do governo e vai para o mercado consumidor !Ou , via indireta, retorna aos empresários...O que os esquerdistas rançosos não entenderam ainda, é que odinheiro vem dos impostos recolhidos de todos nós, ricos, pobres,empresários e empregados e vão beneficiar, em sua maioria (nãotodos) um bando de vagabundos que não querem trabalhar...Assim como não entendem que feriados em excesso inibem a produção de riquezas e a criação de milhares de empregos...Mas, já que querem assim, que assim seja!Do limão vamos fazer a limonada...

  35. Maria Alice

    30/12/2010 22:39:24

    Prezado Alceu Cáceres Gonçalves,Na minha leitura, não se esconder sob um nick é uma opção como outra qualquer, só que nesta se goza de maneira intensa da verdadeira capacidade do saber ser livre, já que, a priori, se assume uma liberdade sem temor de responsabilidades. Trata-se de uma liberdade plena. Parabéns por essa vitória em sua vida.

  36. maisvalia

    30/12/2010 21:20:28

    Boa Alceu, gostei.Posso te garantir que nunca usei o nick de marcos, só o maisvalia.Discordamos nas opiniões, não mais que isso.Pelos motivos que você mesmo apresentou, prefiro o anonimato.

  37. Alceu Cáceres Gonçalves

    30/12/2010 21:11:30

    Igualmente, Márcia Valéria. Ah, sim! Uma última observação: Eu não sou alto, mas também não sou "anão"! Rsrsr... AlceuCG.

  38. Alceu Cáceres Gonçalves

    30/12/2010 21:07:12

    Pessoal, já vivi o suficiente para entender que cometer erros é a coisa mais trivial na vida de qualquer um. Portanto se, por precipitação ou mal interpretação dos fatos eu ofendi injustamente alguém, peço sinceras desculpas. Por outro lado, existe sim um canalha em cujo último post usou o nick "marcos" e em tom de ameaça mencionou o nome de um dos meus familiares. Naturalmente as minhas desculpas não se estendem a este monturo. Finalizando, eu sei dos risco de se identificar em blogs, mas como já declarei em outro post, em qualquer circunstância é inaceitável pra mim agir no anonimato. É da minha criação, me sentiria aviltado se me submetesse a um nick anônimo para comentar em qualquer blog. AlceuCG.

  39. Marcia Valéria

    30/12/2010 21:06:04

    Alceu,Desisti de ler sua réplica, pois me pareceu que és um Sakana de primeira grandeza, o conhecimento que considera daqueles que são seus donos - os jornalistas e pensadores de plantão na mídia devoradora do pensar humano aberto, insubordinado as estruturas e moldes científico-acadêmicos, criativo em sua natureza. Melhor ficar com seus ídolos do conhecimento, do saber. De fato vc só quer aparecer mesmo, tanto quanto eu, a demonstrar as tuas rasteirices, em querer provar o improvável sobre as pessoas e portanto, anão ser que um digas algo de útil, em pequenas frases, não perderei meu tempo com teu digníssimo comentário. Então sigamos cada um no seu barco, em trilhas diferentes, para um dia, se for possível, nos encontrarmos em melhores circunstâncias amigo...Tudo de bom.

  40. Chesterton

    30/12/2010 18:44:38

    eu aposto que essas moças voltam para esse "patrão" na primeira distração da opinião pública....

  41. Abulafia

    30/12/2010 16:30:14

    Não sabia disso, Alceu. Mas, não acha que esse episódio mostra a necessidade de se utilizar um nick? Você, tenho certeza, é um homem honrado. Para que ficar expondo o seu nome, sendo que o que importa são as ideias??Aliás, leio seus comentários sim, mas, o que eu vejo sempre é você atacando os "direitobas", como diz...rs.

  42. maisvalia

    30/12/2010 16:28:40

    Olha Alceu, você deve estar me confundindo com outra pessoa.Talvez por isso esteja sendo ofensivo.A única coisa que eu sei de você é a sua profissão de técnico de informática que eu achei no google e que você foi chinelado no blog do Augusto Nunes, que eu também achei no google e só.Nunca te ofendi e muito menos te ameacei.Quanto a ficar quietinho ou ser rato acredito que não esteja falando de mim. Com sua maneira de provocar os outros deve ter amealhado muitos inimigos reais ou até imaginários, heheheEu posso ser irônico, mas ofensivo como você é, acusando os outros daquilo que você não tem certeza pega muito mal.Mostre algum comentário meu que eu te ameacei ou que fui ofensivo...

  43. aliberto amaral

    30/12/2010 16:17:06

    Sakamoto, adorei o que disse o seu chegado Valdiney: profissão marginalizada. O Ministro Lupi vai adorar essa novilingua da mais antiga das profissões. Logo agora que a StarNight de Brasilia abriu uma filial em Várzea Grande o governo resolve abortar o seu funcionamento. Não foi legal isso. Até por que pela idade das das moças, entre 18 e 23, não me parece que eram moças que estudaram em colégio de freira.De qualquer modo é importante que elas recebam o que tem a receber e assim o Governo também vai arrecadar a sua parte em inss,fgts,etc,etc.Parabéns pelo trabalha da sua repórter Bárbara. A propósito a Barbara recebe adicional de periculosidade?Atc. Aliberto

  44. Alceu Cáceres Gonçalves

    30/12/2010 16:16:01

    Bão, Abulafia, devo-lhe informar que um desqualificado qualquer que frequenta o blog como comentarista, infelizmente me conhece pessoalmente justamente por eu não me esconder sob um nick. Ele já deu provas suficientes, inclusive, numa atitude surpreendentemente covarde, pois eu jamais concebi que alguém pudesse descer tanto em matéria de baixeza, me ameaçou. Desafiei-o a se identificar pessoalmente, mas como alguns poltrões que preferem ficar no anonimato, o rato ficou mais quietinho do que passarinho na muda. Este desqualificado as vezes se apresenta como maisvalia, marcos e alguns outros nicks.Quanto às suas últimas perguntas, fica claro que vc não se dá ao trabalho de ler meus comentários, caso contrário saberia quais minhas propostas e opíniões políticas. AlceuCG.

  45. maisvalia

    30/12/2010 15:43:13

    Como já disse anteriormente ao ofensivo Alce do Cárcere, de informática eu não entendo lhufas, mas quando ele se refere a "governado por um mafioso falastrão" está ele escrevendo a respeito do molusco lulla, né???

  46. Abulafia

    30/12/2010 15:11:45

    Alceu Cáceres Gonçalves, dirijo-me a você respeitosamente, embora anonimamente e com um nick ridículo (e daí??).Você também não é um anônimo? O nome com o qual você se apresenta não diz nada para nós.Você não está na mesma condição de todos nós, ou seja, com um IP que pode ser identificado, em caso de necessidade?Aliás, IP que o Sakamoto já disse, por vezes, que denuncia às autoridades competentes quando necessário. Porém, meses atrás, quando uma leitora postou, criminosamente, um método detalhado de abortar, ele não denunciou. Minto? Sakamoto, responda se puder.Qual a diferença entre a sua condição de anonimato (ou não) e a minha?Você também só critica os outros, mas não diz nada de si mesmo, nada da sua própria lavra.Qual é a sua profissão de fé? Quais as suas propostas?

  47. Alceu Cáceres Gonçalves

    30/12/2010 15:02:34

    FDA,Com certeza muitos donos de blog usam nick, mas a maioria colocam informações pessoais na página inicial. Como um exemplo, temos aqui no blog do Sakamoto.Quanto aos conteúdos dos comentários, com certeza devem ser levados em conta. Eu não cometeria a injustiça de colocar no mesmo nível comentários postados por vc, com comentários de um maisvalia, chesterton, ciro e outros do mesmo calão. Mas meu caro, como acreditar na sinceridade de alguém que não se habilita a correr riscos? AlceuCG.

  48. Alceu Cáceres Gonçalves

    30/12/2010 14:50:43

    Pessoal, o comentarista Ricardo Santa Maria levantou um assunto referente ao Battisti, realmente revoltante. O governo italiano, atualmente afundado em corrupção e crise econômica ameaçou o Brasil, através do seu ministro da defesa, caso o LULA dê asilo político ao Battisti. Meu comentário não é para julgar o mérito da questão Battisti e sim, a arrogância de um governo arruinado por problemas internos, governado por um mafioso falastrão se achar em condição de ameaçar um país soberano. Caso se interessem pelo assunto, o link:http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2010/12/30/italia-avaliara-medidas-para-conseguir-extradicao-de-battisti.jhtm AlceuCG.

  49. Mona

    30/12/2010 14:46:40

    Alceu, o fato de alguém comentar e/ou polemizar usando um nick (seja ridículo ou não) não o inviabiliza o comentário ou a polêmica.Eu uso nick, já comentei em diversos blogs, vários donos de blogs ótimos usam nick (por exemplo, "hermenauta", "coturno norturno", "pax") e isso não desmerece ninguém. No caso, o que vale é o conteúdo; o continente é irrelevante.

  50. RAIMUNDÃO

    30/12/2010 14:19:28

    CONDON ????CONDON ????Quem usa CONDON não tem mais ânimo para preencher este artefato!!!!

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso