Blog do Sakamoto

A credibilidade do Brasil está em risco

Leonardo Sakamoto

Em se tratando da polêmica causada pela construção da hidrelétrica de Belo Monte, o Brasil está agindo como a criança mimada que levou um drible de um amiguinho durante a pelada na rua e, amuada, resolveu pegar a bola e ir embora para casa.

Depois de ser cobrado pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos, ligada à Organização dos Estados Americanos (OEA), para que respondesse às acusações de que estaria ignorando as populações indígenas que serão afetadas pela obra no processo de consultas públicas, o país reagiu de forma diferente do que costuma fazer. 

Normalmente, o governo brasileiro opta pela sobriedade. Desta vez, descambou para críticas severas com relação à autoridade da OEA para esse tipo de questionamento, cancelou a indicação de Paulo Vannuchi, ex-ministro da área de Direitos Humanos para uma cadeira na Comissão, deve suspender pagamentos à instituição (mantida pelos Estados membros), chamou de volta seu embaixador na OEA. Isso sem contar que, em Brasília, não se descarta que novas missões da Comissão ao país para tratar de outros assuntos sejam canceladas. 

Politicamente, a resposta do governo foi mirim. Mesmo que ele não quisesse mudar uma pedrinha no planejamento da hidrelétrica, poderia ter respondido de forma amena, enrolando a história, passando a imagem de democrata preocupado com as minorias e de respeitoso às demandas de organismos internacionais, enquanto faria o seu trabalho de rolo-compressor nos bastidores. Desde que passamos a perna em vários de nossos vizinhos sul-americanos em questões territoriais há mais de século temos know-how para tanto. Mas preferiu botar o porrete na mesa, com um comportamento mais para o ''Você sabe com quem está falando?'', típico dos Estados Unidos.

Na verdade, o país demonstra dessa forma usar uma política self-service. O que é bom do jogo internacional, coloca-se no prato, o que não é, deixa-se de lado. Problemas com os subsídios ao algodão e ao açúcar dados pelas nações ricas do Norte e que causam danos aos nossos produtores rurais? Vamos aos organismos internacionais para acabar com essa pouca vergonha! Agora, quando somos nós os acusados, gritamos contra a arbitrariedade desses mesmos organismos? Tenha a santa paciência…

Neste momento, um leitor estufa o peito e grita diante da tela do computador: ''É a economia, estúpido!'' Sei disso. E sei que tudo é um jogo de demonstração de força e poder. E o Brasil descobriu que tem mais cacife do que imaginava para apostar. 

O que ocorre, contudo, é que o mundo mudou. Os países não podem mais se esconder atrás do discurso de respeito à soberania como se ele fosse verdade absoluta – até porque verdades absolutas estão caindo em desuso. Não porque eles tenham perdido a soberania, de maneira alguma. Mas como sustentar práticas anacrônicas diante de compromissos firmados internacionalmente quando estes são colocados à prova por informação que flui em segundos? E, espalhada diante de todos os outros Estados, mostra que determinado país mente. 

Quando um Estado reconhece a legitimidade de organismos internacionais para arbitrar conflitos, ele passa a ser potencialmente reclamante e reclamado. E tem que aceitar isso e jogar o jogo, sob o risco de perder a credibilidade.

Credibilidade que é importante para quem quer ser levado a sério no mundo.

  1. Brazil: Despite Protests, Government Insists on Belo Monte Dam :: Elites TV

    28/06/2011 08:59:39

    [...] the government’s response, released in the end of May, as “childish”. He analyzed it ironically [pt]: Mesmo que ele não quisesse mudar uma pedrinha no planejamento da hidrelétrica, poderia ter [...]

  2. Brazil: Despite Protests, Government Insists on Belo Monte Dam · Global Voices

    28/06/2011 07:42:17

    [...] considered the government's response, released in the end of May, as “childish”. He analyzed it ironically [pt]: Mesmo que ele não quisesse mudar uma pedrinha no planejamento da hidrelétrica, poderia ter [...]

  3. Brasil: Apesar dos Protestos, Governo Insiste com Belo Monte · Global Voices em Português

    24/06/2011 06:04:50

    [...] Leonardo Sakamoto, a resposta do governo, divulgada no final do mês de maio, foi “mirim”. Ele analisou a resposta do governo de forma irônica: Mesmo que ele não quisesse mudar uma pedrinha no planejamento da hidrelétrica, [...]

  4. Alyrio

    17/06/2011 16:09:29

    Sr. Wagner,Não entendi onde está a mediocridade na postagem do Sr. Sakamoto. Acho que foi feita uma análise muito limitada, pelo senhor e pelos demais que comentaram abaixo, do assunto tratado acima. Está sendo abordado, entre outras questões, o caráter das relações entre entidades, o respeito, a organização e a racionalidade que devem existir entre essas.Por favor, não pode-se limitar as questões, porque junto com isso as idéias passam também se restringir.

  5. Rickd

    09/05/2011 08:13:53

    Sakamoto, quanto a isso não há muito o que se fazer. Lula e Dilma estão fechados com Belo Monte. O codigo florestal tambem tem apoio do governo.

  6. Odair Henriques Banhos

    05/05/2011 22:43:14

    Ola Sakamoto tudo bem? Vamos desligar a usina de Itaipu para ver o que aconteçe; nâo precisa nem falar né. Ou constroi Belo Monte, ou num futuro bem proximo. nâo vamos tem energia para suprir as neçessidades do pais, como o Brasil vai creçer sem energia, ou constroi mais usinas ou faça como Herodes, sacrifiquem as crianças para que nâo aumente a populaçâo, pronto esta resolvido, sera que alguem aceita esta ideia, claro que nâo. Direitos humanos so pra meia duzia de indios, e os outros, aqui no Estado do Parana tambem tem indios, que andam de cidade em cidade vendendo artezanatos para sobreviverem, dormindo embaixo de arvores, passando fome e frio, e nâo tem ninguem dos direitos humanos para defende-los, sabem porque? deve ser porque aqui nâo tem areas de interesse de paises estrangeiros. Se querem que o Brasil cresça temos que produzir energia sim senhor pensem bem

  7. aliberto amaral

    03/05/2011 22:14:26

    Que lindinha a Fê. Ama legal o LS e ainda por cima dá uma traulitada com os dois pés no peito. Que coisa mais osama bin laden. Fez tanto efeito que ate´a nr. 1, pegou pneumonia. É preciso ficar longe. Atc.Aliberto

  8. Gunnar

    03/05/2011 14:58:19

    Tema chato. Vamos falar do O(b)sama?

  9. Ciro Lauschner

    02/05/2011 20:01:16

    Jr:Não fale bobagens. Itaipu indenizou um por um dos proprietários de terras que foram alagadas. E paga royalties aos municipios afetados pelo lago até 2023. As cidades ribeirinhas tem um alto IDH e muitos vivem do turismo que o lago proporciona.Indenização devida era aquela que grupos achavam que valia, acima da valorização de mercado. Leia melhor e verás que estás errado.

  10. Pedro Oliveira

    02/05/2011 15:38:05

    Por iso existe um projeto para o desenvolvimento da região, Projeto de Integração Regional que por direito deveria ser aberto ao publico tanto pela SEIR quanto pela SEMA.Muita gente com relação ao desenvolvimento cita Tucuruí, o fato é de que essa usina foi feita por Militares sem quaqluer plano de desenvolviment, foi construida porque precisava e pronto.Já Belo Monte há todo um estudo para implantação do local de descanso dos operários na cidade e não a criação de uma vila separada ajudando assim a desenvolver a cidade pois as escolas, hospitais e etc serão construidos por lá.Repito, quem quiser informações só procurar no site da Eletrobrás, SEMA, Órgãos ambientais do estado do Pará e etc.

  11. Dina

    02/05/2011 00:48:50

    Curioso é "o mundo" estar preocupado com os ínidios e ribeirinhos daquela área que será construída uma hidrelétrica, mas ninguém se preocupa com os outros ribeirinhos que há anos e anos, são expulsos de suas terras por grileiros, fazendeiros, madeireiros, e todos os tipos de eiros, e que por não ter para onde ir vão para as periferias das cidadades como Altamira, mesma cidade aonde ficará localizada a Usina de Belo Monte, vivem agora em condições subumanas, passando fome com suas famílias, pois na maioria são analfabetos e só sabiam trabalhar com a terra, e agora vão viver de que? De bolsa família? Nem isso eles têm. Estão tentando aprender pescar para pelo menos ter algo pra comer. Será que esses brasileiros são menos importantes que os que ficam exatamente na área de Belo Monte. Acho muita hipocrisia isso sim! Se é para desenvolver o país ou evitar os apagões futuros tem que fazer sim a hidrelétrica, e se é pra proteger índios, ribeirinhos que se protejam todos e não apenas alguns, pois toda vida tem valor igual. Agora uma coisa é certa, tem que se criar a infraestrutura naquela região para receber os migrantes, as empresas, e tudo o que mais precisar, pois do contrário, no dia que acabar a obra, vai ter a usina para suprir as necessidades de energia do país, e pro Pará vai ficar o caos, a miséria e a violência, em uma região que já é por si só violenta pela disputa de terras há muitos e muitos anos. Pois com sempre acontece o projeto vem antes da infraestrutura, e quando se conclui a herança que fica para o estado do Pará é só o aumento da miséria, e o estado do Pará sozinho tem que arcar com uma responsabilidade que seria da União. Como sempre o norte sendo tratado como quintal do Brasil.

  12. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 21:48:45

    Olá! Caros Comentaristas! E, SAKAMOTO!Caro Senhor LUIZ ALBERTO. Concluindo sempre parcialmente.O Ministério das Cidades e o MUNDO TURÍSTICO poderiam ajudar sobremaneira em conjunto com os demais nessa TRANSFORMAÇÃO sem perder necessariamente a origem de tudo isso. Essas áreas são TOCÁVEIS. O que dizem alguns hoje é que são intocáveis. Isso de intocabilidade é a maior BURRÍCE. Dá perfeitamente para no PARÁ, AMAZONAS e SERTÃO e, outras áreas desenvolver incentivos SINCEROS e VERDADEIROS de desenvolvimento, crescimento e progresso, sem perder parte do romantismo que permeiam essas regiões como dificultadores do desenvolvimento. Basta inverter o discurso e o FOCO. Hoje essa miséria é TRATADA como ponte ELEITORAL para os POLÍTICOS se elegerem e posarem na FOTO como bons moços. Que tal, inverter essa lógica, RECEBERÃO VOTOS os políticos que INDUZIREM em conjunto com os LOCAIS e, os órgãos acima mencionados neste e no outro texto o DESENVOLVIMENTO INTELIGENTE e SAUDÁVEL dessas REGIÕES. Garanto que NÃO faltarão INVESTIDORES em PROJETOS ESTRATÉGICOS com FISCALIZAÇÂO INDEPENDENTE e PUNIÇÕES RIGOROSAS para os DESVIOS. E não falo de BOLSA isso ou aquilo. Falo de INVESTIMENTOS pré-projetados e aprovados por cientistas, e envolvendo empresas, indústrias, comércio e serviços. Um grande plano como se fossemos fazer uma nova BRASÍLIA - AMAZÔNICA. Só que com os conhecimentos e CUIDADOS e sem os ERROS anteriores! É algo audacioso, porém, totalmente, POSSÍVEL. Como em seu questionamento. Ser sério é uma conquista com AÇÔES e REALIZAÇÔES. Nossos políticos são BONS de discurso. Entretanto, na hora da ação e execução, SÃO UNS MERDAS e se comportam como corruptos-negociadores-improbos. Aí é que MORA o PERIGO E ATRASO. A mentalidade política e de resposta é que é NOSSO ATRASO FUNDAMENTAL. Cooptado pelo EXECUTIVO, muito vivo e pelo conjunto do legislativo. Mudar isso é com o elemento fundamental da DEMOCRACIA. O "VOTO" e, precisa ser VOTO FACULTATIVO.Forte Abraço!

  13. aliberto amaral

    01/05/2011 19:46:59

    Nada como estar diante de um novo "Oráculo de Delfos", neé da famosa USP. Medir a credibilidade de um país ( e que Pais), via criança mimada. Só pode ser provocação para que todos os associados do CEM( Clube do Elogio Mútuo), presidido pelo Sr. L.S., se manifestem de forma laudatória pela coragem demonstrada. Quem n for associado e resolver contraditar...pronto... tome porrada dos "associados". Com isso o nº dos comentários aumenta e o LS fica feliz da vida e o pessoal do UOL,idem. E com isso..Lá Nave vá!!!Aliberto

  14. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 16:06:42

    Olá! Caros Comentaristas! E, Sakamoto!Caro JORGE, a discussão proposta é sobre BELO MONTE!Coisas políticas de partidos políticos é TEMA de outro encontro.E no BRASIL hoje só existe a esquerda! Não há centro ou direita!Por sinal os partidos de centro e direita estão quase MORTOS!E o PIOR, ou, MELHOR, não exite no mundo e planeta globalizado centro direita e esquerda! Isso é história do passado e literalmente MORTA!Faça um engajamento no momento contemporâneo.E BELO MONTE é sim, IMPORTANTÍSSIMA, afora essa, mais umas CINCO BELO MONTES E 27 usinas nucleares!OPINIÃO!

  15. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 15:55:03

    Oá! Caros Comentaristas! E, SAKAMOTO!Caro VOVÔ seu comentário foi publicado até fiz uma alusão sobre o mesmo!Tchau!!!

  16. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 15:52:20

    Olá! Caros Comentaristas! E, sakamoto!Caro Marco! Bom comentário. Tá faltando VOTO FACULTATIVO para cobrarmos com LEGITIMIDADE essa responsabilidade do eleitor/a ou POVO!OPINIÂO!

  17. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 15:42:42

    Olá! Caros Comentaristas! E, SAKAMOTO!Caro Senhor VOVÕ, não sou tão vovô ainda, espero chegar lá! Estou mais para TIOZINHO! Porém, será questão de tempo. Trabalho por opção familiar a mais TEMPO de que você! Fazendo contas concluo que já contribuo direta ou indiretamente há pelo menos 45 anos ao BRASIL. E pelo visto chegarei fácil superando os 50 anos de TRABALHO e serviços prestados. Considero isso um privilégio. Após velho continuar ainda útil. Para alguns casos e temas.Estou iniciando um novo empreendimento! E tudo leva crer que será outro sucesso!Porém, seu comentário foi muito positivo e ilustrativo. Obrigado! E. até, próxima. E com 74 anos você é muito jovem. Tenho um atleta por aqui que vai fazer 90 anos. E não pediu ARREGO ainda! Outro dia participei de uma festa onde o mais JOVEM contava com 80 anos.O negócio é levar a VIDA na BOA! E ser FELIZ!Forte abraço!Até mais e Tchau!!!

  18. Eduardo Azevêdo

    01/05/2011 15:28:39

    Ilustrado e culto Sr. Victor:seu comentário é curto e demostra sua sabedoria... excelente!alguém trilha o caminho da sabedoria quando começa a ler as entre-linhas e as múltiplas facetas dos fatos...Nada no universo acontece por acaso...Quase nada entre os homens acontece sem o interesse...até mesmo quando vamos escolher uma namorada, escolhemos por puro interesse, porque achamos ela bela e melhor que as outras, e etc., etc., etc.,...assim se analisarmos todos os fatos da vida e da natureza, concluiremos que quase tudo acontece por causa dalgum interesse...as vezes o interesse está oculto... noutras vezes ele não é oculto e aflora juntamente com o fato...NUNCA JAMAIS acredite de chofre em nenhum texto ou discurso, nem mesmo, claro, neste pequeno texto que agora lhe escrevo...Sempre procure ler as entre-linhas e as múltiplas facetas dos fatos, e ao depois se preocupe em saber se existe COERÊNCIA ENTRE OS DISCURSOS E OS RESPECTIVOS DISCURSISTAS...mais ou menos assim... mais ou menos assim...Parabéns por sua perspicácia...quase sempre por trás dum belo discurso existe um interesse inconfessável que o discursista está a toda força querendo esconder dos outros, passando-lhes uma falsa idéia, passando-lhes uma FALÁCIA.Aliás, as termoelétricas sempre serão necessárias e cumprirão seu belo e necessário papel, claro, em regiões onde ainda não existe energia e projetos projetos de energia, ou então em casos de urgência urgentíssima, porque as termoelétricas quase que instantaneamente são montadas e passam a funcionar...talvez no futuro as termoelétricas se tornem bem mais eficientes do que já o são hoje...porém as termoelétricas nunca passarão de solução temporária...Todavia a minha miopia mental não permite que eu veja que a solução definitiva de Belo Monte seja pior que as das atuais termoelétricas anunciadas pelo ilustrado e culto Sr. Ernani.Prefiro e torço por Belo Monte.Muitíssima paz e sabedoria desejo-lhe, ilustrado e culto Sr. Victor!

  19. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 14:49:01

    Olá! Caros Comentaristas! E, Sakamoto!Seu comentário é DESFOCADO, TEMA para outra proposta do SAKAMOTO! Nada tem a ver. Entretanto, sobre o FHC é outro metido a FRANCÊS que nada entende de FRANÇA.E, vamos fazer comentários atualizados e, no TEMA proposto.OPINIÂO!

  20. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 14:40:06

    Olá! Caros Comentaristas! E, SAKAMOTO!O BRASIL está brigando por uma decisão de 25 anos passados e perfeitamente dentro dos conceitos mais modernos em bioética e ambientais, ainda, ecológicos. E, refere-se ao NOSSO TERRITÓRIO.Caro Senhor/a Tehasoin disse:01/05/2011 às 8:57. Essa idéia de que o MUNDO que se dane é dos Países que se DETERMINAM protetores do PLANETA. Não é o caso BRASILEIRO. Até, pois, nossa Constituição Federal PROÍBE guerras de conquista. Autoriza apenas atitudes de DEFESA.Você Caro Senhor/a TEHASOIN deveria estudar mais.Os conquistadores até por definição legal são os Países presumivelmente desenvolvidos. Como EUA, FRANÇA e outros.O BRASIL é DA PAZ, DA DEMOCRACIA, DA LIBERDADE, DA LIVRE OPORTUNIDADE para TODOS. GUERRA, JAMAIS!Entretanto, POSSUI O LEGÍTIMO DIREITO DE SE DEFENDER!A ditadura a que você se refere é RESPONSABILIDADE desses PANACAS do Congresso Nacional brasileiro, deputados e senadores cooptados com áreas federais, estaduais e municipais e, outras. E isso é coisa interna. Nada tem a ver com BELO MONTE.Verdadeiros RABOS PRESOS, basta ver as ocorrências políticas no BRASIL, presente.Entretanto são TEMAS diferentes e SEM RELAÇÃO com o TEMA proposto. Para esses casos o início da saída é o VOTO FACULTATIVO e a DECLARAÇÃO do STF de INCONSTITUCIONALIDADE da lei ficha limpa. Lixo jurídico.OPINIÃO!

  21. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 14:05:40

    Olá! Caros Comentaristas! E Sakamoto!Caro Esmeraldo Pereira. Que se DANE o assento no Conselho de Segurança da ONU. Por sinal, NÃO passam de VACAS DE PRESÉBIO.No caso HONDURAS o BRASIL agiu dentro da LEGALIDADE, LEGITIMIDADE, do RESPEITO à DEMOCRACIA E LIBERDADE. DENTRO DOS PARÂMETROS da ONU. Quem destoa, quem está FORA do parâmetro é a MEDÌOCRE e VENDIDA oea. CAPACHO dos EUA. Que decide fruto dos VENTOS verdes oferecidos.No caso IRÃ, o BRASIL foi BRILHANTE. A Arrogância é dos componentes da onu.No caso BATTISTI, deveria o BRASIL ter EXPULSADO do BRASIL o Embaixador Italiano. E cortado Relações Internacionais e Comerciais e Científicas com a minúscula italia FASCISTA do CRIMINOSO BERLUSCONI.E em minha OPINIÃO a decisão será de LIBERDADE IMEDIATA ao BATTISTI!Você confunde decisões equilibradas com decisões ORIENTADAS e REGIAMENTE PAGAS em DINHEIRO ou FAVORES. Daí sua visão está TURVADA, nesses TEMAS.O ERRO está na TROCA do embaixador. Que apesar de: No NOME PATRIOTA demonstra EXATAMENTE o CONTRÁRIO.A chancelaria BRASILEIRA os DIPLOMATAS BRASILEIROS precisam defender os INTERESSES BRASILEIROS.BELO MONTE é um INTERESSE BRASILEIRO. É uma NECESSIDADE para o desenvolvimento BRASILEIRO e até auxiliar para a região, olhando com um olhar geopolítico responsável, é ENERGIA VERDE e garantia de EVITAR O PISCA-PISCA.E, Caro Esmeraldo Pereira é uma VERGONHA o comportamento na oea no GOLPE dado em HONDURAS e foi e é VERGONHOSO o comportamento Norte-Americano ávidos por Petróleo e Gás. Mudaram de OPINIÃO, assim que foi constatada e acertada a exploração de petróleo e Gás nas jazidas de Honduras pelos interesses dos EUA. Quanta convicção?!A oea é RIDÍCULA, MEDÍOCRE e quem PAGA melhor possui a preferência.E o BATTISTI foi uma TENTATIVA italiana de esconder do POVO ITALIANO que o BERLUSCONI é comedor de criancinha. Funciona como cortina de fumaça para o MERETRÍCIO do governo italiano. Governo CHANTAGISTA e PILANTRA!O caso IRÃ é questionável não é pacífico, porém, foi uma ATITUDE diplomática de GRANDE AVANÇO.É preciso corrigir os rumos: TROCAR O RESPONSÁVEL pela diplomacia brasileira. Alguém mais PATRIOTA!OPINIÃO!

  22. mari carpanezzi

    01/05/2011 13:35:08

    Direitos humanos a gente não garante com porrete, né?

  23. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 13:33:23

    Olá! Caros Comentaristas! E, SAKAMOTO!Olá! Caro Luiz Alberto e LUIZZ. Seu comentário ou comentários são sempre interessantes.O Governo Brasileiro faz muita coisa, não só esse TODOS. Nosso país é ENORME e o complicómetro é ENORME. Sem falar nos interesses INTERNACIONAIS no território brasileiro. Ultimamente, até pela PUJANÇA em relação ao MEIO-AMBIENTE equilibrado, saudável, e contribuições dadas INTERNACIONALMENTE e exemplos práticos e documentais do BRASIL frente aos organismos internacionais como redução de emissões, por sinal, EUA, CHINA, parte grande da EUROPA e outras nações latino-americanas e centrais, NÃO RATIFICARAM absolutamente NADA. O que significa dizer: Vão continuar POLUINDO mesmo e com muita VONTADE. Apesar de o BRASIL ter feito um papel RESPONSÁVEL, continuam esses MERDINHAS criticando exatamente o PAÍS, BRASIL, que propõe e fez algo concreto contra a POLUIÇÃO e favorável ao MEIO-AMBIENTE INTELIGENTE.Então o que dizer: oea, digo eu, brasileiro, VÁ À MERDA e aos FUNDAMENTALISTAS pseudoambientalistas. Vão se DANAR! E sem qualquer preocupação!OPINIÃO!Suas intervenções como comentarista são IMPORTANTES!Tchau!

  24. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 13:14:49

    Olá! Caros Comentaristas! E, SAKAMOTO!Isso é o que chamo de DESESPERO e DESRESPEITO por falta de argumento razoável. Desespero, pois, mistura coisas TOTALMENTE diferentes e sem conexão. E, DESRESPEITO ao POVO ISRAELENSE e aos JUDEUS. Povo BRAVO, com muitos heróis e LUTADOR pela VIDA. Vítima de um IDIOTA IMBECILIZADO conhecido por Hitler.Considero o seu comentário um DESRESPEITO, igualmente, aos BRASILEIROS.Sua percepção do TEMA demonstra sua IGNORÂNCIA e falta de CULTURA histórica e entendo como VENDILHÃO da PÁTRIA, Caro EDGAR. Entretanto, a democracia e na democracia até esse comentário IRRESPONSÁVEL é perfeitamente possível. Apesar de discordar inteiramente dele.VIVA O BRASIL e danem-se as BESTAS!BELO MONTE PARA ONTEM. IMEDIATAMENTE!OPINIÃO!

  25. Lourival Nascimento

    01/05/2011 12:56:33

    Se tem algo que coloca a Nação em risco, é o nosso comportamento quase sempre dúbio, desprovido de racionalidade e conhecimento para falar sobre os verdadeiros interesses do País; a paixão exarcebada, com tempero de partidarismo esquisofrênico, e, lamentavelmente muita, muita desonestidade intelectual de quem deveria, através dos meios de comunicação, levar à sociedade a dimensão exata dos fatos que acontecem nos nossos dias. Não sou médico. Portanto, e pelos impedimentos legais, não posso aviar receita de medicamentos para ninguém. Não sou engenheiro civil. Portanto, não posso apresentar a ninguém uma planilha com cálcuto estrutural para edificação de um prédio. Isso é o senso comum, a lógica, a preservação do Direito. Leio com tristeza, mas leio até para legitimar o meu despretencioso comentário sobre o tema. O que coloca nossa credibilidade em risco, meu caro Sakamoto, é livro aprovado pelo MEC fazer propaganda de um Partido político; é os governos, todos eles, quererem esconder escândalos cabeludos e que são de conhecimento da sociedade, denunciado pelo Procurador Geral da República; é governante encher a cara de cachaça para falar mal dos seus adversários; é governante comprar votos no balcão de negócios do Congresso para garantir a sua reeleição; é o cara envolvido até os cabelos no mensalão ser nomeado para cargo (boquinha) no Ministério da Defesa; é Renan Calheiros, Romero Jucá e assemelhados comandarem o Conselho de Ética do Senado da República; é filho de Presidente da República receber dinheiro de concessionária de serviços públicos; é nossas estradas serem esburacadas, nossos portos serem ineficientes e o Governo de plantão dizer que está tudo bem. Belo Monte é uma questão importante e deve ser discutida sem paixões. Muita gente escreve imensos artigos sobre o tema, sem sequer conhecer a região. Isso é hipocrisia e banditismo ideológico. O que o Greenpeace, por exemplo, faz pelas matas ciliares na Holanda, ou protestou na China contra a usina de Três Gargantas, ou gralha contra a monocultura da cana-de-açúcar em Cuba? O que esses oportunistas fazem de realmente bom para a humanidade? Eu moro na Amazônia, senhores. Na verdade, em bom e sonoro português, qual é o interesses de outros países que não podem competir conosco, que as coisas aqui funcionem, se isso lhes tira mercado? Será que esses hipócritas, diante da nossas necessidades de energia, têm interesse que Belo Monte seja realidade? Menos hipocrisia, senhores, menos.

  26. Ricardo Santa Maria Marins

    01/05/2011 12:45:53

    Olá! Caros Comentaristas! E SAKAMOTO!Olá Caro Alberto! O caso Coréias é criado pelo HOMEM! Do ponto de vista efetivo NÃO há fronteiras.Usinas Atômicas e Nucleares são eficientes e não poluentes. Há o RISCO de em acidentes ocorrer dispersão de radiação. Meu Caro Alberto a VIDA é um RISCO e sempre caminhamos para a MORTE! E não o contrário. Nas aventuras HUMANAS está implícito e de maneira explícita o RISCO. Devemos utilizar todo nosso conhecimento disponível para medidas PREVENTIVAS e MINIMIZAÇÂO dos RISCOS que envolvem as atividades em geral. ZERAR o RISCO simplesmente NÃO será POSSÍVEL em nenhuma fase da evolução HUMANA.Até viver com MEDO ou preocupações descabidas é UM ALTO RISCO para a sobrevivência. E USINAS ATÔMICAS E NUCLEARES são e continuarão sendo de IMPORTÂNCIA para os seres humanos como alternativa energética. A ocorrência no JAPÃO precisa ser compreendida à luz dos fatos concretos sem manias exageradas. A Usina de FUKUSHIMA possui um projeto ORIGINÁRIO de mais de 70 anos. Compará-la com as modernas é INFANTILIDADE. E o caso TERREMOTO associado ao TSUNAMI, ondas GIGANTES E VELOZES supera nossa COMPETÊNCIA inclusive no controle que possamos ter de PREVENÇÃO. A idéia humana mais inteligente é APRENDER e se PREVENIR com parâmetros mais atualizados. E deixar de imaginar que somos DEUSES. NÃO SOMOS. Somos uns BOSTINHAS mortais. E sempre estaremos sendo surpreendidos pelo UNIVERSO. E com isso vamos melhorando.E sobre RELIGIÃO são tão INÚTEIS e IGNORANTES como qualquer outra coisa. Deve-se parte do atraso da HUMANIDADE a IMBECILIDADE da VENDA e TRÁFICO da FÉ através dos mercadores da FÉ.Existe a FÉ Verdadeira. E está dentro de cada um de nós. O acervo mercantilizado da FÉ é o atraso!Os cenários que presenciamos em guerra na parte afro-árabe atualmente e outros pelas IMAGENS transmitidas demonstram o atraso e miséria do POVO e daqueles países. E a RELIGIÃO é uma das RESPONSÁVEIS por esse atraso.OPINIÃO!Mantenho posição FIRME sobre a Construção de BELO MONTE e de USINAS NUCLEARES! Tchau!!!Ia me esquecendo a NATUREZA produz POLUIÇÃO! E o mais GRAVE são doenças que possam ocorrer como: Pandemias bacteriológicas e VIRÓTICAS. Isso sim, pode MATAR MILHÔES e em poucas horas!Obrigado!

  27. JORGE

    01/05/2011 12:38:00

    Aqui esta uma prova da difernça marcante entre Lula e Dilma, Lula defendia os indios pelo pais afora e Dilma os expulsa de suas terras e mais o Lula sempre compareceu as festividade dos sindicatod trabalhista em São Paulo no dia do Trabalho mas Dilma não exitou em cancelar na ultima hora um dia antes ela da as costas para tudo o que o Lula apoiava e com isso o pessoal do MST pode se preparar que ela vai e deve dar as costas pra vocês isso é uma coisa que mais cedo ou mais tarde vai acontecer se ela faz com os indios e sindicalistas oque é que vai fazer com o MST se cuide do Governo Dilma pessoal da liderança do MST ela vai ferrar vocês ela não é e nunca vai ser o Lula e lembrence ela mesmo disse na campanha eleitoral que não era o Lula.

  28. Pedro Oliveira

    01/05/2011 12:27:47

    Como você sabe disso? O Problema de Itaipu não parte mais de sua viabilidade, mas no governo que você e muitos outros escolheram em não cumprir as promessas.O problema não é a usina, e sim uns poucos que se importam com eles mesmo que com a população que escolheram.E se procurar se informar mais um pouco, vai ver que há inumeros projetos implantandos se aproveitando da área alagada da usina e etc.

  29. Matheus

    01/05/2011 12:26:48

    Sakamoto não é brasileiro! É PSDB! É tucano da gema!Entrega que é mais facil

  30. Pedro Oliveira

    01/05/2011 12:21:18

    E concordo quanto ao fato do Brasil criar novas usinas nucleares, não somente pelo fato da criação de energia, mas sim de toda uma tecnologia vinda de forma direta ou indiretamente da mesma.Não estou falando de bombas, mas porque não ter? Os EUA possuem assim como vários outros países tem, porque não temos também? Brincando um pouco lembrando o póstumo politico Eneas "Temos não para usá-la, mas sim para mostrarmos que podemos usar"

  31. JORGE

    01/05/2011 12:19:50

    O Governo do PT só age com educação quando lhe bem convem é isso que a "Presidenta" Dilma esta fazendo em relação a questão da Usina de Belmonte e o PT só defende o0s fracos e oprimidos quando isso é do seu interesse, eles dessa vez estão no poder e isso traz grandes responsabilidades no que diz respeito a maneira como nresponde internacionalmente as criticas dos paises estrangeiros e isso que o PT esta fazendo é prova de que o povo brasileiro pode vir a sofrer muito com esse governo que foi eleito as custa de um pais que esta caminhando para uma situação sem volta e a culpa se cai em cima do Lula que fez a Dilmna ser eleita na marra provocando a situação que esta ai no Governo Dilma e Dilma não é Lula isso ela esta provando não sendo carismatica coisa que ela nunca vai ser tanto que ela é pouco comentada no pais e o que se houve falar é do que ela não fez até agora como concursos publicos que as pessoas estão esperando ela pode e vai prejudicar a imagem do Lula e isso é bom para tirar a mascara do PT e fazer o povo entender que Lula não é assim "O Cara" como todos estavam pensando e FORA PT do Governo.

  32. Ssmmith

    01/05/2011 12:17:01

    Estranho isso, o Pt nacionalista!Lembra os ditadores GV e Militares.Ame o Brasil ou deixe-o.Aliás o Kadafi devia usar o mesmo argumento na Libia, quem pensa que é a ONU para se meter em assuntos internos!Quem é a OEA para apontar os erros do Brasil, aliás, o Pt não erra é o resto do mundo que está contra nós, não é "progressistas"?Mas foi decisão da OEA que forçou a aprovação da lei Maria da Penha!Pq os senhores não vão perguntar a senhora Maria da Penha se a OEA tem autoridade e ou não?Pergunte para ela pq teve quer recorrer a OEA?O Brasil é signatário do Pacto de San Jose, portanto a reclamações feitas a OEA devem ser analisadas.Eu aqui muitas vezes discordo do Sakamoto, mas dessa vez ele tem razão.Ora a OEa apenas fez uma requisiçaõ de documentos, pq alguém a procurou nos casos os afetados pela Usina, o que o bolgueiro discorda e com toda razão, e pela grosseria da respota do Brasil.Então qd alguém aqui receber uma intimação judicial, vai soltar os cachorros do juiz?Isso é infatilidade, um processo é contestado com argumentos e não com chiliques!

  33. Pedro Oliveira

    01/05/2011 12:16:18

    Sim, para isso existe algo chamado ESTUDO DE VIABILIDADE e o melhor demonstrado nele foi a energia Hidrelétrica.E você é capaz de procurar se informar melhor ou a preguiça de usar um site de busca ja tomou conta?

  34. Ssmmith

    01/05/2011 12:07:48

    O Governo Dilma já se demonstra um enorme fracasso!!POrtando diplomacia incompetente faz parte!

  35. Pedro Oliveira

    01/05/2011 12:06:34

    Espero que esse "comentário" seja irônico, pois a ignorância e/ou preguiça de ler ao menos o que ja foi disponibilizado DE GRAÇA para todos explica o que será feito com todos afetados pela Usina.Uma dica, entre no site da Eletrobrás e procure sobre Belo Monte, garanto que vai ter muita coisa para ler.

  36. Ssmmith

    01/05/2011 12:02:14

    E Agora o fracassado governo Dilma quem contar as lorotas do "ex" nos livros didáticos!

  37. José Augusto

    01/05/2011 11:59:47

    Sr. Sakamoto.Considerei vc um defensor dos direitos dos menos favorecidos e acompanho sempre sua coluna, mas na de hoje vc pisou na bola e pisou feio.Por que a gente então não para com as construções das usinas hidrelétricas e passa para as usinas nucleres e termoelétricas, afinal temos muito urânio e petróleo não é?Vamos encher o litoral de nucleares e vamos queimar petróleo, já que que o país tá transbordando de dinheiro, então vamos gastar mesmo.Qualquer estudioso de energia sabe que as hidrelétricas são as mais baratas, apresentam custo ambiental bem menores e em um país como o Brasil onde temos abundância de rios de planaltos, então não vamos usar?Vc pode acusar o país de que ele está desrespeitando os direitos dos índios na construção de Belo Monte, mas exigir que se suspenda a usina imediatamente é o fim da picada.Agora no estatuto da OEA está escrito que eles podem interferir dessa forma?Cobrar pode e sou até a favor mesmo, mas não dessa maneira, arbitrária e arrogante.Duvido que por trás dessa acusação, a OEA está mesmo defendendo os direitos dos índios. É claro que existem interesses economicos por trás disso. Só um cego que não vê.Só tenho a lamentar que vc embarcou nessa onda.Abcs

  38. Leandro Nogueira

    01/05/2011 11:56:34

    Nova classe média? Faça-me o favor! Só porque os miseráveis passaram a ser menos miseráveis, isso já os qualifica como sendo de classe média? Neguinho já pode ser chamado de classe média porque passou a ganhar umas mil e poucas merrecas mensais brutas, é ? Dá um tempo, ô forte crítico do governo! Esse país é mais do que uma fraude: é uma cilada, verdadeira armadilha contra os seus habitantes. E sem essa de dizer que o "nosso" congresso e demais instituições são apenas um reflexo de nós mesmos. Pode ser que sejam um reflexo seu e dos seus amigos. Mas eu não voto e jamais votei em bandidos. Só que eles estão todos lá, inclusive me achacando com toda a sorte de impostos, prá pagar pensão de ex-governador. Esse país produz riqueza, energia e desperdício demais. Antes de sair para novas bocadas como a de Belo Monte seria muito bom dar uma boa refrescada na sacanagem. Logo, logo veríamos que o problema não é tanto de geração de energia, mas de distribuição e uso racional.

  39. aah

    01/05/2011 11:56:28

    Não entenderam!!!! Sakamoto comentou o comportamento do Brasil diante da OEA... Saber ler não basta, não acham que deveriam entender pelo menos um pouquinho a mensagem????!!!...

  40. KLEBER RODRIGUES DE ARAUJO

    01/05/2011 11:48:26

    É lamentável, esse tipo de comentário, pois parece que só quer ter publicidade, os constantes atos perversos que a OEA, ONU, ALCA e EUA tem feito, ele não está comentando, o fato é que não podemos esperar nada de bom vindo do EUA, pois eles já ensinam em suas escolas que a Amazônia é deles, para que tanta reserva, como a RAPOSA SERRA DO SOL, estão confundindo REGRESSO com NECESSIDADE.Porque eles estão tão interessados? Com certeza tem algo que os interessam muito, e que com certeza não será bom para nós.

  41. LADIR SANTOS

    01/05/2011 11:40:47

    O Sakamoto, deveria estar é na ONU, o camarada é mais escorregadioque quiabo, será quanto ele ganhou para escrever este posicionamento? Ele deve ser favoravel a ampliação da energia nuclear.

  42. JR

    01/05/2011 11:40:19

    Se tomarmos por exemplo a Usina de Itaipu, em Foz do Iguassú, os pequenos agricultores e as populações ribeirinhas não receberam até hoje a indenização devida por conta do alagamento de suas terras.Acontecerá o mesmo com Belo Monte.

  43. Mané

    01/05/2011 11:33:36

    Defender Monte Santo não significa que eu esteja defendendo Belo Monte...

  44. maristela

    01/05/2011 11:33:06

    Mas que povo interessado em discutir assuntos brasileiros!!!!....deduzo que são ainda jovens, pois não?....digamos....de 30 a 40 anos de idade?...ótimo!....então é bom que tomem conhecimento, também, das mudanças políticas que estão nas nossas câmaras....é que afetam as vidas dos meus netos, sabe?....e depende de vcs., esta geração que está aí, verificar o que estão tramando contra nossa Democracia...eu?...já fiz minha parte....tenho 63 anos de vida...lutei contra a ditadura e tambem contra o terroristas....sou do tempo dos caras-pintadas.... e foi gente como eu que, continuou trabalhando, criando os filhos e evitando com nossa postura que houvesse guerra civil neste país...e e minha geração de "quadrados" contribuimos pra que vcs. e meus filhos tenham a liberdade que têm hoje....pensem nisso...bom domingo!

  45. Mané

    01/05/2011 11:28:49

    Tirando a máscara e sendo sincero: vamos fazer meia dúzia de umas três ou quatro usinas nucleares e mandar o lixo nuclear pro Nordeste. Exagero? Pois se " eles" já cogitaram isso. Até definiram o local! Trata-se do coração do Raso da Catarina, onde andaram Lampião, Antonio Conselheiro, a coluna Prestes, Raimundo Jacó, e Jesuíno Brilhante com sua bola, digo, espelho de cristal. Foi Jesus Cristo quem limpou ele do pó. Lá, um dia, a terra se alumia... e eles apagam a história. Lá eles! Afi, De Calafe!!! (cantora paranaense: "as melhores coisas não custam nada e as piores nenhum dinheiro do mundo pode evitar").

  46. Marco

    01/05/2011 11:23:23

    Como uma país que aumenta o PIB em 5000% versus um crescimento de 200% da população pode ser chamado de fraude? Taí a prova indubitável do poder de desenvolvimento desse país!A nova classe média é outra grande prova de uma melhor distribuição de renda nesse país. E quem vos fala é um forte crítico do governo.Contudo, nosso congresso, senado e demais instituições são apenas um reflexo de nós mesmos. É muito cômodo, para não dizer imoral, dizer que a culpa de tudo é do governo! É responsabilidade de cada um prezar pelo que é seu de direito, inclusive saúde, educação, entre tantos outros direitos básicos.Como você pretende resolver os desafios energéticos do país? Acha que só instalar umas fazendas eólicas vai resolver?

  47. Marco

    01/05/2011 11:15:02

    Você sabe o custo de construir várias usinas menores?Construir 3 usinas menores com o mesmo dinheiro não produzirão a mesma energia nem que nossos nobres representantes não fiquem com seu quinhão. A escolha de onde construir uma usina depende do potencial energético do rio e já exploramos as nossas melhores escolhas em outros lugares, razão de estarmos buscando alternativas na amazônia.

  48. Aldo

    01/05/2011 11:12:18

    Goste-se ou não, são opiniões do Sakamoto. Por que tachá-las de medíocres? Medíocres, ignorantes são as pessoas que não respeitam a opinião alheia, e nem sequer têm argumentos razoáveis para contrapor.

  49. Marco

    01/05/2011 11:10:46

    Caros,Acho excelente o debate, independente de posições a favor ou contra, as diferentes visões aqui expostas só vem a enriquecer ainda mais o conhecimento de todos os que lêem, seja por assimilação, seja por rejeição de algumas das ideias.A questão da construção de Belo Monte é polêmica por uma série de variáveis, mas principalmente pela viabilidade econômica do projeto, que ainda não se justifica. Cada vez é mais difícil justificar novas usinas hidrelétricas, já que uma obra desse quilate envolve uma completa transformação da região amazônica. A usina por si só pode não se justificar, mas a diminuição do custo de frete em toda a região, a inclusão da população da região às benesses de energia, melhores empregos, educação (já que quando a economia requer as coisas acontecem) complementam de forma substancial a análise.Fiquemos apenas na matriz de custo e partiremos para a construção de usinas nucleares, o que não parece ser o desejo da população.Do ponto de vista dos índios e demais moradores da região, a solução depende de comunicação, compensação financeira e auxílio na movimentação das pessoas.E sobre a simpatia do pessoal sobre a energia eólica, favor estudar um pouco mais o tema. Os custos da mesma estão cada dia menores, mas ela ainda causa um considerável impacto ambiental por conta do barulho, geram interferência na transmissão de sinais, está aquém da eficiência de outras matrizes e para piorar, não é capaz de produzir uma quantidade constante de energia. Não há como definir uma energia como definitiva, precisamos de todas, o desafio é aproveitarmos o melhor de cada uma delas da melhor forma possível.Quanto a OEA, eles tem todo o direito de fazerem a crítica que quiserem, mas não possuem poder nenhum sobre o assunto. Basta que o Brasil haja de forma justa e respeitosa com a população local. Nossa soberania é inquestionável nesse sentido.

  50. antonio branco

    01/05/2011 11:09:46

    QUE TAL PARA ACABAR A POLEMICA, TODOS NÓS DEVOLVERMOS O BRASIL PARA OS ÍNDIOS E IRMOS PARA PORTUGAL. VAMOS PARAR DE HIPOCRESIA SE É QUE QUEREMOS SER DESENVOLVIDOS. COMO ESCREVEU UM LEITOR ACIMA, ATÉ OS ÍNDIOS JÁ ESTÃO BEM "CIVILIZADOS, USAM TELEFONES, ANDAM DE PICAPES DE LUXO E TUDO O QUE OS HOMENS "BRANCOS" DESFRUTAM, SÓ NÃO QUEREM FICAR COM UM ESPAÇO MAIOR QUE NEM OS "BRANCOS TRABALHADORES URBANOS NÃO TEM.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso